Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Serviços | 10/06/2016 | 19h50

MRA Automotive quer “vender faturamento” às autopeças

Começando com quatro clientes, empresa terceiriza equipe comercial
REDAÇÃO AB

A MRA Automotive ingressa no mercado brasileiro de autopeças sem produzir, importar ou distribuir nenhum componente automotivo, mas com a proposta inovadora de “vender faturamento” às empresas do segmento, por meio da terceirização do departamento comercial. “Nosso foco de trabalho é fornecer aos clientes a melhor estrutura de comercialização”, diz Mario Morelli, sócio fundador da MRA, que criou o empreendimento em conjunto com o também sócio Marcelo Rosa, ambos executivos com extensa experiência no setor. A ideia de compartilhar a equipe de vendas já ganhou quatro clientes iniciais: AxleTech International, GE Lighting/BR Light, HDS MecPar e Sadar.

A operação comercial das quatro fabricantes de componentes automotivos, tanto para o fornecimento direto às montadoras como para o mercado de reposição, será gerenciada pela MRA com o modelo inédito de compartilhamento. “Na prática, o cliente dispõe de uma equipe nacional de vendas eficiente e sem os custos de se manter essa estrutura. Nosso trabalho é desenvolver e operar a estratégia comercial das marcas”, explica Rosa.

A vantagem da MRA Automotive, segundo seus sócios, é prestar o serviço comercial de prospecção de clientes e vendas com equipe especializada e dedicada, com custo competitivo. A proposta vai de encontro ao fato de os fabricantes de componentes focarem mais esforços na produção, e por isso nem sempre têm recursos ou experiência para montar uma estratégia comercial eficiente, que poderá aumentar seu faturamento.

Outro ponto favorável do modelo comercial terceirizado, segundo a MRA Automotive, é aumentar o poder de barganha dos clientes perante os distribuidores. “Com portfólio variado todas as empresas ganham mais poder de negociação no mercado”, destaca Rosa.

“Nossa solução é ideal para a realidade atual do mercado de autopeças”, explica Morelli, no momento em que as vendas diretas aos fabricantes de veículos caem e aumenta a participação do aftermarket no faturamento do setor. De acordo com levantamento do Sindipeças a participação desse segmento no total faturado pelas fábricas de autopeças passou de 14,5% em 2014 para 17,7% em 2015 e a projeção é chegar a 18,2% este ano. Por isso os dois sócios da MRA avaliam que a empresa terá atuação majoritária na reposição.

Inicialmente o portfólio de produtos comercializados pela MRA tem maior concentração de peças para veículos pesados. A AxleTech International, com sede em Troy, nos Estados Unidos, é fabricante mundial de eixos e seus componentes para caminhões, veículos militares e máquinas de construção. De forma similar, a HDS MecPar, de Matão (SP), produz componentes para cardans e semieixos da marca Durex. Já a argentina Sadar, pertencente ao Grupo Corvin, fica em Moreno (Buenos Aires) e está estreando no Brasil com seus amortecedores para pesados. A GE Lighting/BR Light é mais generalista: fornece lâmpadas halógenas para faróis e lâmpadas de sinalização para iluminação de veículos em geral. Com sede em Boston, Estados Unidos, no Brasil os produtos da GE Lighting são distribuídos primariamente pela BR Light, exceto em São Paulo e Região Sul.

Tags: MRA Automotive, autopeças, OEM, aftermarket, comercial, vendas, AxleTech International, GE Lighting/BR Light, HDS MecPar, Sadar.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
AB Inteligência