Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Autopeças | 07/06/2016 | 19h39

Investimento do Grupo PSA em conteúdo local pode passar de € 70 milhões na América Latina

Dezesseis novos projetos já deverão nascer com 90% de peças feitas na região

SUELI REIS, AB

O Grupo PSA, dono das marcas Peugeot, Citroën e DS, está revisando o valor do investimento de € 70 milhões para elevar o conteúdo local de seus veículos na América Latina, dos quais € 50 milhões seriam aplicados no Brasil e os demais € 20 milhões na Argentina. Anunciado no ano passado durante a premiação dos fornecedores (leia aqui), o investimento para aumento de conteúdo local pode superar a cifra graças aos novos projetos da companhia previstos para serem produzidos na região, conforme o planejamento do novo programa estratégico global Push to Pass, anunciado em abril pelo CEO mundial, Carlos Tavares (leia aqui).

“Para a América Latina estão reservados 16 novos projetos e a ideia é que já nasçam com 90% de conteúdo local. Já iniciamos os trabalhos, por isso estamos revisando estes valores de localização”, afirma Antônio Carlos Vischi, diretor de compras do Grupo PSA para América Latina, durante a cerimônia da 5ª edição do prêmio de fornecedores Supplier Awards Latin America 2016, realizada na segunda-feira, 6, no escritório-sede da empresa em São Paulo.

Vischi acrescenta que para os novos produtos o grande desafio está em criar soluções locais que atendam as expectativas e as características do mercado latino-americano. “Os fornecedores são parte desse processo como co-desenvolvedores”, lembrou.

Durante a premiação, o presidente do Grupo PSA no Brasil e América Latina, Carlos Gomes, reforçou os objetivos do programa e a participação das empresas parceiras: “Enquanto o programa anterior, o Back in the Race tinha como pilar a reestruturação a partir da excelência operacional, o Push to Pass tem como objetivo o crescimento orgânico e rentável e um dos pilares de seu desenvolvimento na América Latina é o aumento da integração e adaptação local de nossos veículos. Temos a meta ousada de elevar nosso índice em 85% até 2021, o que também significa uma grande oportunidade para os fornecedores da região”, disse.

Além disso, Gomes apresentou um resumo do Push to Pass, que está baseado no crescimento rentável da companhia e que contempla uma nova visão até 2021 a partir da reconstrução visando este crescimento rentável e uma transformação de produtos e serviços impulsionados pelos clientes. “Cada vez mais o Grupo PSA parte do cliente para fazer suas propostas; e aumentar a base de clientes é um dos nossos objetivos”, completou Gomes. Como resultado, a empresa espera até 2021 lançar 34 novos produtos em todo o mundo, entre 26 automóveis, oito utilitários, sendo uma nova picape, além de triplicar o lucro nos próximos cinco anos.

OS PREMIADOS

Foram 16 empresas condecoradas em seis categorias, mais um prêmio especial concedido pelo júri. Foram avaliados os desempenhos dos fornecedores ao longo de 2015 dentro dos padrões de análise mundial do Grupo PSA.

“Reconhecemos hoje o excelente desempenho dos nossos fornecedores durante o ano de 2015, o que nos permitiu manter um alto nível de qualidade, inovação, competitividade e custos, alcançando assim uma maior satisfação do nosso cliente final”, completou Vischi.

Confira abaixo todos os vencedores do prêmio Supplier Awards Latin America 2016 do Grupo PSA:

Prêmio Especial do Júri: Aethra (Brasil) – pelo trabalho de co-design e sinergia técnica, com resultados expressivos;

Qualidade: Michelin (Brasil) e Ferrosider Parts (Argentina) – pela qualidade de peças automotivas, desde a fase de desenvolvimento, qualidade em zero km e em clientela;

Economia de Custos: Simoldes (Brasil) – pelo desempenho em matéria de economias técnicas, com propostas de redução de custos para 2016;

Logística: Nexteer (Brasil) e Testori (Argentina) – pela excelência das entregas, das quantidades programadas nas janelas e ausência de impacto logístico;

Materiais Indiretos, Maquinários, Equipamentos e Serviços: Verzani&Sandrini (Brasil) e Fourwinds (Argentina) – pela prestação dos domínios com qualidade e custo (competitividade), cumprindo os objetivos de tempo, capacidade de resposta e a perpetuação destes resultados;

Pós-Venda: Johnson Controls (Brasil) e Sogefi (Argentina) – pelo nível de excelência na taxa de serviço, mantendo absoluto respeito nas entregas, tanto em prazo quanto em quantidades;

Melhores Plantas: No Brasil: Pilkington (Caçapava/SP), Mahle Metal Leve (Itajubá/MG), Maxion Wheels (Limeira/SP), Thyssenkrupp (Campo Limpo Paulista/SP). Na Argentina: Pirelli Neumaticos (Buenos Aires) e Macchiarola Bartolome (Córdoba) - pela excelência industrial em qualidade, logística, industrialização e qualidade dos lançamentos, desempenho e melhoria contínua no processo de manufatura.



Tags: Grupo PSA, investimento, conteúdo local, fornecedores, América Latina, prêmio, Carlos Gomes, Antônio Carlos Vischi, Carlos Tavares, Push to Pass.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência