Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Toyota firma parceria com Uber de olho em novos modelos de negócio

Negócios | 25/05/2016 | 12h45

Toyota firma parceria com Uber de olho em novos modelos de negócio

Companhia fez investimento na plataforma de transporte individual

REDAÇÃO AB

A Toyota abraçou a máxima de que, se não é possível lutar contra um aqdversário, o melhor é juntar-se a ele, e anunciou parceria com o Uber, a polêmica plataforma que permite a qualquer pessoa oferecer corridas com seu carro próprio a um preço competitivo para o consumidor. Par firmar a aliança, a montadora fez um investimento na empresa. O valor não foi revelado, mas a expectativa é de um aporte pequeno, já que a intenção não é deter o controle da companhia.

A fabricante de veículos também passa a oferecer condições especiais de financiamento aos clientes que pretendem comprar um carro para usar no Uber. Os motoristas cadastrados poderão fazer leasing dos automóveis pelo Toyota Financial Services e cobrir as prestações do veículo com as receitas geradas pelos serviços oferecidos na plataforma. A gama de modelos híbridos da marca deve ser o principal alvo da iniciativa, já que o Uber estimula o uso de veículos mais ecológicos.

“Há um enorme potencial em termos de moldar o futuro da mobilidade. Com esta colaboração, queremos explorar novas maneiras de entregar segurança, conveniência e serviços atrativos de mobilidade aos clientes”, declarou em coletiva de imprensa Shigeki Tomoyama, um dos membros do alto comando da Toyota e presidente da Connected Company, um dos braços criados recentemente pela montadora.

Além de colocar em xeque o serviço de táxis, entre as disrupções do Uber está a mudança na relação de propriedade entre consumidores e veículos, já que as pessoas não precisam mais ter um carro para fazer deslocamentos com conforto e preço baixo. Ao firmar a parceria, a Toyota pretende acompanhar esta transformação para oferecer mais soluções para os consumidores no futuro.

A colaboração entre as duas empresas vai começar em alguns mercados onde o Uber está em expansão e deve evoluir para outras áreas, com possibilidade de desenvolvimento de aplicativos para os carros da plataforma.

TOYOTA NÃO É A PRIMEIRA

As parcerias entre montadoras tradicionais e empresas mais jovens que detectam novas oportunidades de negócio são uma tendência. Antes da Toyota, há exemplos como o da General Motors, que investiu há quatro meses na Lyft, empresa concorrente do Uber nos Estados Unidos. A Volkswagen anunciou recentemente que aplicará US$ 300 milhões na Gett, outra plataforma do segmento, mas de porte menor.

A Apple também vislumbra o potencial do transporte individual e confirmou que aplicará US$ 1 bilhão na chinesa Didi Chuxing. O negócio representa importante ofensiva da gigante de tecnologia no mercado chinês.



Tags: Toyota, Uber, parceria, transporte, mobilidade.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência