NOTÍCIAS
17/05/2016 | 16h46

Segurança

Recall da Takata chega a 90 milhões de airbags no mundo

Problema pode custar US$ 9 bilhões à fabricante do dispositivo


REDAÇÃO AB

As proporções do recall dos carros equipados com airbags da Takata ficam cada vez mais impressionantes. Uma nova leva de dispositivos potencialmente defeituosos, estimada em até 40 milhões de unidades, foi identificada nos Estados Unidos pela NHTSA, órgão de segurança viária do país. Com isso, cerca de 90 milhões de bolsas de ar estão envolvidas na campanha globalmente.

Os dispositivos podem não inflar adequadamente em caso de acidente, lançando estilhaços nos ocupantes do carro. O defeito seria responsável por causar 13 mortes, além de ferir mais de 100 pessoas no mundo, a maior parte delas nos Estados Unidos. A NHTSA aponta que o problema seria resultado da falta de um agente químico dessecante.

A checagem e conserto da nova leva de carros envolvidos no recall acontecerá entre este mês e dezembro de 2019. A entidade aponta que a agenda garantirá que os componentes sejam substituídos antes de se tornarem perigosos, já que foi constatado em laboratório que os airbags se tornam inseguros ao longo do tempo, conforme são expostos a variações climáticas e variações de temperatura.

QUEM PAGA A CONTA?

Os custos do megarecall de 90 milhões de airbags devem chegar perto de US$ 9 bilhões, uma conta pesada demais para a Takata. Informações da agência Automotive News Europe indicam que a empresa está em busca de ajuda para dar conta das despesas, mas ainda não há notícia de nenhuma montadora disposta a arcar com parte dos gastos ou oferecer qualquer suporte financeiro à fabricante de bolsas de ar.

A fabricante de airbags enfrenta ainda processo no Havaí, o primeiro estado a entrar com ação contra a companhia. A acusação aponta que a Takata e a Honda ocultaram o problema e pede compensação da ordem de US$ 10 mil por veículo envolvido no recall na região.

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 16/08/2017
Mercado deve melhorar no segundo semestre, até por novas ações de varejo

Esta coluna é apoiada por:

Documento sem título
Advertisement Advertisement Advertisement Advertisement
INOVAÇÃO | 15/08/2017
Indústria automotiva precisa abrir os olhos para novas formas de trabalhar
DE CARRO POR AÍ | 11/08/2017
Carro tem ingredientes para ser um sucesso da Renault
AUTOINFORME | 10/08/2017
Para meio ambiente, carro elétrico no Brasil não tem a mesma importância que na Europa
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
Negócios | 08/03/2017
Tecnologia faz parte da receita para sair da crise
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes