Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Balanço | 06/05/2016 | 18h30

Frota circulante no Brasil cresceu 2,5%

Estudo revela que o País tinha 42,6 milhões de veículos até o fim de 2015

REDAÇÃO AB

O Relatório da Frota Circulante elaborado com dados até 2015 apontou um total de 42,6 milhões de veículos em uso e aumento de 2,5% no número de veículos do Brasil na comparação com 2014. O crescimento foi menor que o de anos anteriores como reflexo da menor entrada de veículos novos no mercado. Como comparação, de 2011 para 2012 a alta registrada foi de 7,4%. Os novos números foram elaborados pelo Sindipeças, entidade que reúne fabricantes de componentes automotivos.

- Veja aqui o estudo do Sindipeças

Os automóveis atingiram 35,3 milhões de unidades e cresceram 2,5% assim como a frota total. A maior alta, 3,2%, ocorreu para os comerciais leves, que atingiram 5,05 milhões de unidades em 2015. O menor crescimento, 0,4%, ocorreu com para a frota de ônibus, que totalizou 389,1 mil veículos no ano passado. Foram registrados também 13,6 milhões de motocicletas nas ruas em 2015, número 1,3% maior que o obtido no ano anterior.

A idade média de todos os segmentos analisados subiu. A dos automóveis passou de oito anos e nove meses para nove anos. Segundo o Sindipeças, 37% da frota total de veículos tem entre um e cinco anos de idade. Outros 44% têm entre seis e 15 anos. Veículos com 16 a 20 anos respondem por 13% do total.

Chama a atenção o envelhecimento gradativo das motos, que em 2011 tinham em média de cinco anos e um mês e em 2015 passaram a seis anos e seis meses, um reflexo direto da queda sucessiva nas vendas do setor desde 2012.

O estudo por combustível aponta que de 2014 para 2015 os veículos flex passaram de 54,3% para 57,2% e aqueles a gasolina recuaram de 34,3% para 31,7%. Os modelos a diesel mantiveram participação estável em 9,8%. Os carros movidos exclusivamente a etanol eram 1,2% do total até o fim do ano passado.



Tags: Sindipeças, Relatório da Frota Circulante, combustíveis, gasolina, etanol, diesel.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência