Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Insumos | 04/05/2016 | 16h09

Schiemer chama aumento do aço de “desastre”

Presidente da Mercedes-Benz pede ação contra elevação de custos

PEDRO KUTNEY, AB

O presidente da Mercedes-Benz do Brasil, Philipp Schiemer, chamou de “desastre” a possível elevação dos preços do aço pretendida pelas siderúrgicas. “O PIB está em queda, inflação em alta e volumes de vendas que retrocedem à década de 90. Agora ouvimos falar em reajuste do aço. Qualquer aumento de custos neste momento será desastroso para a indústria automotiva, porque as montadoras não têm condições de repassar esses aumentos aos clientes”, destacou o executivo aos representantes da cadeia de suprimentos da empresa, que se reuniram na fábrica de São Bernardo do Campo (SP) na terça-feira, 3, para a cerimônia de premiação dos melhores fornecedores da montadora, o Prêmio Interação 2016 (leia aqui).

Schiemer pediu união de toda a cadeia automotiva para tentar barrar o reajuste do aço. “Somos das poucas montadoras que têm conversado com nossos fornecedores para aliviar as pressões de custos. Pedimos para a Anfavea (a associação dos fabricantes de veículos) e ao Sindipeças (que reúne os fornecedores de autopeças) que se posicionem fortemente contra esse aumento”, defendeu.



Tags: Mercedes-Benz, insumos, aço, custos, preços, Philipp Schiemer, Prêmio Interação 2016, fornecedores, autopeças.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência