Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Serviços | 13/04/2016 | 18h5

Inflação do carro sobe menos em março

Índice de 0,87% é menor que a alta de fevereiro e fica abaixo do IPC da Fipe
REDAÇÃO AB

O custo para manter um veículo no Brasil – a inflação do carro – subiu 0,87% em março, índice menor que as altas verificadas em fevereiro, de 1,03%, e em janeiro, quando os custos cresceram 0,94%, segundo levantamento mensal da agência AutoInforme, que pesquisa os preços de todos os itens necessários para o motorista rodar com o carro e fazer a manutenção preventiva.

O item que mais contribuiu para o aumento do custo do carro em março foi o etanol, cujo preço subiu 2,6% no mês. Segundo a pesquisa, o custo total do motorista para manter o carro em março foi de R$ 1.297,37. Os cálculos se referem aos preços de itens para carro pequeno.

Apesar da alta verificada no mês passado, a inflação do carro ficou abaixo do IPC (Índice de Preços ao Consumidor) da Fipe de março, que mede a inflação e que fechou o mês em 0,97%.

No acumulado do primeiro trimestre o índice também é menor: a inflação do carro fechou em 2,86% e o IPC da Fipe foi de 3,26%. Além do combustível, outro item que teve alta expressiva no mês foi o estacionamento por período (dia ou hora), que ficou 1,07% mais caro, e a troca das pastilhas de freio, terceiro item que mais subiu, com alta de 0,73%.

Tags: Inflação do carro, AutoInforme, manutenção preventiva, custo.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
AB Inteligência