Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Foton escolhe Schwaben para projeto de nacionalização
Equipe de engenharia da Foton na Schwaben

Serviços | 05/04/2016 | 15h40

Foton escolhe Schwaben para projeto de nacionalização

Equipe de engenharia desenvolve os novos caminhões a serem lançados no Brasil

REDAÇÃO AB

A Foton escolheu a empresa de engenharia Schwaben Engineering para desenvolver os projetos dos novos caminhões da marca a serem lançados no Brasil. Segundo a montadora, até o momento foram projetados diferentes veículos e suas variantes em processo que conta desde a análise de mercado até a validação técnica, passando pelas fases de conceituação, desenvolvimento dos componentes e sistemas, gerenciamento do projeto e qualidade, interface com os fornecedores, validações por meio de simulações numéricas e acompanhamento dos protótipos e testes.

Segundo a montadora, durante a escolha de seus fornecedores para o processo de nacionalização, realizou criteriosa seleção, tendo sido a Schwaben o melhor scritório de engenharia avaliado pela empresa.

“Com 36 fornecedores locais, a Foton Caminhões atingiu um nível de mais de 65% de conteúdo local, utilizando um inovador conceito denominado Codesign (sistema modular de desenvolvimento) que corresponde à estratégia da empresa em utilizar a expertise dos parceiros envolvidos no projeto”, afirma Leandro Gedanken, gerente de rngenharia e desenvolvimento da Foton Caminhões.

Para o executivo, a escolha dos parceiros ideais aliados as ferramentas e recursos utilizados, são fatores fundamentais e essenciais para o sucesso da empresa no Brasil. “Isto possibilita o atendimento das metas estabelecidas, com recursos e prazos, que atestam a eficiência estratégica e operacional definidas pela diretoria da empresa. Em consequência dos resultados atingidos até o momento pela Foton e reconhecidos pela Foton China, estamos planejando o desenvolvimento de novos produtos em diversos segmentos do mercado”, revela.

Entre as ferramentas utilizadas, a Foton Caminhões desenvolve todos os seus projetos em CAD Catia 5 utilizando recursos como o DMU para estudos de packaging, montabilidade e viabilidade técnica, em conformidade com os padrões da matriz da Foton na China.

“A Foton em parceria com a Schwaben utiliza as mais modernas e inovadoras soluções de engenharia na área de desenvolvimento de produtos e simulações numéricas. Sendo destaque a sinergia entre as equipes de CAD e CAE da engenharia, que aumenta o grau de maturidade dos componentes e sistemas e viabiliza a otimização e redução de massas e custos ainda na fase de concepção dos veículos, assegurando o atendimento das premissas e critérios de validação estabelecidos”, ressalta o diretor geral da Schwaben Engineering, Ricardo Guerra.

A montadora também conta com o recurso de digitalização óptica oferecido pela Schwaben, que permite a captura de geometrias (nuvem de pontos) dos mais variados tipos e tamanhos de componentes de forma rápida e precisa. “Este recurso viabiliza processos de engenharia reversa para geração de modelos 3D, possibilitando a reconstrução de peças, moldes ou ferramentas, além de inspeções dimensionais e controle de qualidade”, completa Guerra.



Tags: Foton, engenharia, Schwaben, caminhões.

Comentários

  • Hugo Lucas

    A Foton é uma empresa que utiliza de tecnologia avançada na fabricação de seus produtos. Hoje a construção de um caminhão requer muita expertise construtiva, que é presente nas mais modernas indústrias. A associação com a Agrale certamente trará uma preocupação para a concorrência visto que os caminhões da Agrale ter boa aceitação no mercado nacional, principalmente no cone sul do país. Certo que o mercado e os clientes ganharão com isto pois esta nova concorrente é de primeira linha.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência