Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Grupo PSA se reergue e anuncia novo plano estratégico global
Para marcar a nova fase, Grupo PSA cria e adota nova identidade visual

Internacional | 05/04/2016 | 15h02

Grupo PSA se reergue e anuncia novo plano estratégico global

Push to Pass conduzirá grupo à evolução de produtos e tecnologias rentáveis

REDAÇÃO AB

Conforme havia adiantado no fim de fevereiro na ocasião da divulgação de seu balanço financeiro de 2015, o Grupo PSA anuncia na terça-feira, 5, o Push to Pass, seu novo plano estratégico global focado no desempenho e crescimento rentável. A iniciativa ocorre após a companhia concluir antes do previsto seu plano anterior baseado em reestruturação e saúde financeira que vinha desenvolvendo desde abril de 2014 (leia aqui).

Em comunicado, a empresa informa que o Push to Pass cobrirá um período de 5 anos, entre 2016 e 2021 a fim de atender as necessidades de mobilidade antecipando a transformação do uso do automóvel. Serão feitos investimentos em pesquisa e desenvolvimento (P&D) de forma controlada aliada a uma gestão de custos de produção e dos custos fixos.

“Baseados em fundamentos revigorados, vamos lançar uma ofensiva mundial em termos de produtos e tecnologia. Graças a uma maior agilidade, estamos preparados para mudar o paradigma e antecipar as mutações do uso do automóvel. Nossa transformação digital fará do Grupo PSA uma empresa conectada com os seus clientes. Com o plano “Push to Pass”, vamos assegurar o crescimento orgânico rentável da PSA”, declarou em nota o presidente mundial do Grupo PSA, Carlos Tavares.

Com esta nova postura, o grupo elencou dois principais objetivos: alcançar margem operacional corrente média de 4% para a divisão Automotiva entre 2016 e 2018 elevando a meta para 6% em 2021 (em 2015, a margem operacional foi de 5%). A segunda grande meta é atingir crescimento de 10% do faturamento entre 2015 e 2018, com 15% suplementares até 2021. Segundo o comunicado, estas estimativas são baseadas em uma taxa de câmbio constante. A PSA também anuncia a adoção de uma política de dividendos com um pagamento de 25% dos lucros a partir de 2016.

TRASNFORMAÇÃO TECNOLÓGICA

Para atingir seus novos objetivos, a PSA focará na evolução do seu modelo econômico e na geração de valor a partir das áreas passíveis de exploração para aumentar sua base atual de clientes. Ações serão balizadas por meio de ferramentas como a digitalização, ofertas multimarcas no pós-venda, leasing, veículos usados, serviços de mobilidade e de gestão de frotas. Investimentos específicos em capital de risco contribuirão para desenvolver o portfólio de soluções de mobilidade.

Além disso, o desenvolvimento das marcas Peugeot, Citroën e DS será apoiado no alto nível de qualidade dos produtos e serviços com uma nova política de fixação de preços e um plano ofensivo de novos produtos, com 26 veículos (automóveis) e 8 utilitários, incluindo uma picape de 1 tonelada, volume que permitirá um novo veículo por região, por marca e por ano.

O plano inclui ainda uma estratégia voltada para a evolução tecnológica com o lançamento de 7 veículos híbridos plug-in e outros 4 elétricos além da introdução do programa de veículos conectados e autônomos.

Por fim, o comunicado ressalta que o Push to Pass constitui uma primeira etapa da companhia rumo à visão do Grupo PSA que constitui em “uma montadora na ponta da eficiência, fornecedora de serviços de mobilidade de referência”. Para marcar a mudança e novos rumos, a companhia apresentou sua nova logomarca e informa que passa a adotar oficialmente a nomenclatura Grupo PSA, que integra as três marcas (Peugeot, Citroën e DS) deixando para trás a denominação PSA Peugeot Citroën.



Tags: PSA Peugeot Citroën, plano estratégico, reestruturação, Push to Pass.

Comentários

  • Gilson Paula Lopes de Souza

    Seria interessante compartilhar se há uma ação estratégica específica para o Brasil, com ações mais agressivas, face ao cenário de "profunda"crise.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência