Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Produção de motos cai 37% no 1º bimestre

Indústria | 09/03/2016 | 18h30

Produção de motos cai 37% no 1º bimestre

Total fabricado em dois meses é semelhante à média mensal de 2012

MÁRIO CURCIO, AB

A produção de motos no primeiro bimestre somou pouco mais de 147 mil unidades, volume 36,9% menor que o do mesmo período do ano passado. O total montado em dois meses é semelhante ao volume médio mensal de 2012, o primeiro de quatro anos de queda consecutiva para as indústrias do setor. Os números são da Abraciclo, entidade que reúne fabricantes de motos e bicicletas. Nestes dois primeiros meses de 2016, as vendas no atacado (das fábricas às concessionárias) somaram 131,9 mil motocicletas, um volume 38% menor que o anotado no primeiro bimestre do ano passado.

- Para ver os números de produção acesse aqui e para os de vendas no atacado, leia aqui

De acordo com presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, o mercado de motos também é impactado pela instabilidade política e econômica do País, atrelada à falta de confiança do consumidor. “Desta forma, não descartamos a necessidade de uma revisão nas projeções do setor para 2016”, diz Fermanian. No fim do ano passado a Abraciclo acreditava em um 2016 estável, com produção de 1,28 milhão e venda de 1,22 milhão de unidades.

EXPORTAÇÕES CRESCEM

As exportações em fevereiro totalizaram 5.692 motocicletas, resultando em alta de 70,6% em relação a janeiro e de 128,5% sobre fevereiro de 2015. O resultado reflete o aumento de negócios com a Argentina.



Tags: Abraciclo, motos, motocicletas, produção, vendas no atacado, Marcos Fermanian.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência