Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 07/03/2016 | 12h10

Consórcio de motos começa o ano em queda

Setor de duas rodas atribui resultados ruins ao fechamento de pontos de venda

REDAÇÃO AB

O sistema de consórcios começou o ano com queda em todos os indicadores para o setor de motos. O número de participantes ativos em janeiro foi de 2,83 milhões, total 6% menor que o do mesmo mês de 2015. As 85 mil novas cotas significaram recuo de 10,5%. O volume de créditos comercializados, R$ 646,5 milhões, regrediu 38,7%. Os números foram divulgados pela Associação Brasileira das Administradoras de Consórcio (Abac).

A explicação dos profissionais do setor para os números negativos está no fechamento de pontos de venda. Ainda segundo a Abac, o tíquete médio do mês foi de R$ 7,6 mil, uma queda de 31,5% ante janeiro de 2015. As contemplações em janeiro somaram 63 mil unidades e pequena queda de 3,1%. Com a retração que vem sofrendo seguidamente desde 2012, o segmento de motos acabou perdendo até mesmo a liderança em participantes ativos.

Atualmente, o maior número de consorciados está nos veículos leves (automóveis, comerciais leves e utilitários), que em janeiro somaram 3,2 milhões de consumidores e alta de 7% sobre o mesmo mês de 2015. A venda de novas cotas para veículos leves atingiu 84 mil unidades no mês e registrou pequeno crescimento de 1,2% sobre o mesmo período do ano passado. Já o volume de créditos comercializados, R$ 3,39 bilhões, anotou queda de 4,8%. E o tíquete médio de R$ 40,4 mil foi 5,8% mais baixo que o do mesmo mês de 2015. As contemplações, 45 mil, significaram aumento de 4,7%.

VEÍCULOS PESADOS

No segmento de pesados, que reúne caminhões, ônibus, implementos e máquinas agrícolas, o número de novas cotas em janeiro somou 5,1 mil unidades, alta de 24,4% sobre o mesmo mês de 2015. E os 280 mil participantes ativos resultaram em alta de 6,5%. Segundo a Abac, o volume de créditos no mês somou R$ 746,1 milhões e obteve alta de 14,5%. Já o tíquete médio de 147,7 mil anotou retração de 7%. E as contemplações, 2,9 mil, recuaram 3,3%.



Tags: Motos, motocicletas, consórcio, Abac, automóveis, comerciais, utilitários, caminhões, ônibus, máquinas.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência