Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Shineray toma vice-liderança da Yamaha

Mercado | 01/02/2016 | 20h05

Shineray toma vice-liderança da Yamaha

Ciclomotores alteram ranking de motos e mascaram queda nos licenciamentos

MÁRIO CURCIO, AB

A Shineray começou o ano como a segunda marca de motocicletas com maior número de emplacamentos no País. Foram 10,5 mil unidades licenciadas, sobre 9,9 mil exemplares da Yamaha, que caiu para a terceira posição. A mudança no ranking se explica pela alteração no Código de Trânsito Brasileiro, que desde o fim de 2015 passou a exigir em todo o território nacional a lacração de ciclomotores ou “cinquentinhas”. A Yamaha não oferece esses produtos no País. Os números foram divulgados pela Fenabrave, federação que reúne as associações de concessionários.

- Veja aqui os dados da Fenabrave.

Antes da mudança, a fiscalização e a necessidade ou não de emplacamento desses veículos eram atribuídas aos municípios, que quase sempre deixavam de exigir a lacração. Como reflexo da nova lei, os emplacamentos da Shineray foram 950% maiores neste janeiro que no mesmo mês de 2015.

A Honda permanece na liderança, mas suas 62 mil unidades de janeiro de 2016 foram 28,6% menores que no mesmo período do ano passado. A Honda também não oferece ciclomotores no Brasil.

O mercado total em janeiro teve 96,2 mil motocicletas lacradas no Brasil, resultando em queda de 11,4%. Caso este excedente de ciclomotores continuasse sem registro como antes, a retração no primeiro mês do ano seria próxima a 30%.

A Shineray monta seus produtos a partir de componentes chineses em uma fábrica em Pernambuco. Outra empresa cuja colocação no ranking melhorou foi a Traxx, instalada em Manaus (AM). Com 1.976 unidades, ela inicia o ano na quarta colocação, à frente da Dafra. Um ano atrás, Shineray e Traxx ocupavam, respectivamente, o quinto e sexto lugares de licenciamentos.



Tags: Shineray, Traxx, Yamaha, Honda, Traxx.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência