Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
China tem novo recorde de vendas em 2015

Mercado | 15/01/2016 | 18h15

China tem novo recorde de vendas em 2015

Ajudado por redução de imposto, mercado emplaca 24,6 milhões de veículos

REDAÇÃO AB

A China manteve o status de líder do mercado global de veículos em 2015 ao encerrar o período com um novo recorde de vendas de 24,6 milhões de unidades, segundo a CAAM, associação que reúne as montadoras daquele país. O volume ficou 4,7% acima do registrado no ano anterior, superando as expectativas dos analistas que previam aumento de 3%. O volume também superou em 7,4 milhões de unidades o total de emplacamentos nos Estados Unidos no ano passado, que também teve recorde com 17,2 milhões (leia aqui).

Embora o mercado tenha fechado em alta, o índice de crescimento em 2015 foi menor do que em anos anteriores, 10% em 2014 e 16% em 2013, sempre na comparação anual, revelando desaceleração do mercado automotivo chinês.

Grande parte do crescimento é reflexo do subsídio do governo que reduziu pela metade o imposto para modelos menores. Até meados de setembro, a China registrou índices negativos de vendas acumuladas. Em outubro o mercado retomou o fôlego após a redução de imposto em 5% sobre as vendas de automóveis com motores até 1.6, segmento que responde por quase 70% do total das vendas no país (leia aqui).

Segundo a CAAM, em 2016 os negócios podem chegar a 26 milhões de unidades, o que representaria alta de 7% sobre o ano passado auxiliadas principalmente pelo incentivo do governo. Contudo, a associação das fabricantes alertou que a redução do imposto, que vigora até o fim deste ano, poderia levar os consumidores a uma antecipação de compra, reduzindo os volumes em 2017, quando não há previsão de qualquer nova fonte de crescimento dada a economia doméstica mais branda. Essa redução de imposto foi significativa, uma vez que respondeu por aproximadamente 70% das vendas de automóveis no quarto trimestre. Em dezembro, as vendas de automóveis da China cresceram 18% sobre igual mês de 2014, após um aumento de 24% em novembro e um ganho de 13% em outubro, quando o incentivo entrou em vigor.

As principais fabricantes globais apresentaram crescimento mais lento em 2015 na China. A General Motors registrou um aumento de 5,2% em suas vendas contra alta de 12% um ano antes. Do mesmo modo, o crescimento da Toyota encolheu de 12,5% para 8,7% em 2015 e o da Ford diminuiu de 19% para 3%. As montadoras estrangeiras (que não tem origem chinesa) têm sido as maiores beneficiadas do boom econômico da China nos últimos anos. Elas construíram mais fábricas do que em qualquer outro lugar no mundo na última década. Ainda assim, tiveram que cortar preços e reduzir a produção no país em meados do ano passado, quando as vendas ficaram aquém das expectativas.

Mesmo que a redução de imposto tenha dado novo fôlego ao mercado, as empresas estrangeiras estão cautelosas sobre projeções para este ano. GM e Ford anteciparam que o haverá um crescimento continuado em 2016, mas não forneceram um índice. Já a Toyota disse que prevê aumento de apenas 2,7% de suas vendas na China neste ano em comparação com 2015.

Os dados mostram que as vendas das fabricantes de origem chinesa em 2015 subiram 15% contra o ano anterior, para 8,7 milhões de veículos, superando o crescimento da indústria global.



Tags: China, vendas, recorde, redução de imposto, mercado chinês.

Comentários

  • Luca

    qualquer cliente que adquira um Porsche tem o privilégio de ir à china para fazer esses testes de condução?

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência