Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Latin NCAP: Toyota Hilux alcança nota máxima

Segurança | 15/12/2015 | 16h37

Latin NCAP: Toyota Hilux alcança nota máxima

Modelo vendido no Brasil conquistou 5 estrelas no programa

REDAÇÃO AB

A Toyota Hilux é o mais novo veículo com nota máxima em segurança vendido no Brasil. A picape foi classificada com cinco estrelas tanto em proteção para adultos, quanto para crianças nos testes de impacto promovidos pelo Latin NCAP, entidade que avalia os veículos vendidos na América Latina e no Caribe do ponto de vista da segurança.

O feito do modelo da Toyota ainda é raro no Brasil. Dos veículos já testados pela organização e vendidos localmente, apenas três modelos conquistaram a melhor performance em segurança tanto para adultos quanto para crianças: a sétima geração do Volkswagen Golf, Jeep Renegade e Honda HR-V. Os resultados divulgados na terça-feira, 15, evidenciam a performance de mais seis veículos: Toyota RAV4, Volkswagen Fox, Nissan Versa e March, além do Mitsubishi Montero Sport e do Hyundai Creta, que não são vendidos no mercado brasileiro.

A nova geração da Hilux chegou a ser testada em outra bateria promovida pela organização, mas recebeu nota um pouco menor: cinco estrelas para adultos e quatro para a proteção infantil (leia aqui). A versão avaliada, no entanto, era a produzida na Tailândia. Dessa vez, foi colocada à prova a picape fabricada na Argentina e oferecida ao consumidor no Brasil. A diferença de pontuação foi causada pelo SRI, sistema de retenção infantil que não estava presente na versão tailandesa avaliada. No teste mais recente, a nova geração da tecnologia, chamada de i-Size, garantiu que a picape alcançasse a pontuação máxima.

O Latin NCAP destacou que a estrutura do modelo é forte, com dispositivos importantes para a proteção dos ocupantes, como os três airbags de série (cabeça e peito do motorista, joelhos do motorista e cabeça e peito do passageiro), freios ABS em quatro canais e lembrete do uso de cintos de segurança para os passageiros dianteiros. Segundo a entidade, a performance também foi boa no teste de impacto lateral. A nota em segurança infantil é resultado dos cintos de segurança de três pontos para todas as posições no banco de trás, além de ancoragens Isofix.

O Toyota RAV4 foi outro veículo bem colocado nos testes, com cinco estrelas para adultos e quatro para crianças. O modelo tem os mesmos dispositivos de segurança de série da Hilux e conta com o sistema SRI i-Size, que melhora a proteção para os ocupantes crianças no banco traseiro.



FALTA PROTEÇÃO INFANTIL

Os Nissan March e Versa também foram submetidos aos testes do Latin NCAP, porém sem resultados tão animadores. O hatchback recebeu quatro estrelas em proteção para adultos, mas apenas uma em segurança para crianças. Segundo a entidade, a cabeça e o peito dos ocupantes dos bancos da frente ficam bem protegidos. Na parte traseira, no entanto, faltam cintos de três pontos e ancoragens Isofix.

Ainda assim, o carro apresenta melhorias na comparação com o teste realizado em 2011, quando a entidade destacou que o automóvel tinha estrutura instável. Ficou claro que o modelo evoluiu desde então. “A Nissan aperfeiçoou as estruturas do March e do Versa e seu equipamento de segurança, bem como seu desempenho”, destaca comunicado distribuído pelo Latin NCAP. O Versa teve resultado melhor. Foram quatro estrelas em proteção para adultos e duas para crianças.

O Volkswagen Fox apresentou o mesmo ponto fraco dos carros da Nissan. Com quatro estrelas para os ocupantes dos bancos dianteiros e apenas duas para os passageiros infantis, o carro peca em segurança para os pequenos. O modelo fabricado no Brasil passou por atualização recentemente, mas ainda assim não traz itens como ancoragens Isofix, cinto de três pontos no banco traseiro, ESC e airbags laterais. O Latin NCAP destaca que há pouco tempo a Volkswagen fazia versões do modelo com todos estes itens que eram exportadas para a Europa.

Nesta bateria de testes, também foram avaliados o Hyundai Creta, fabricado na Índia e vendido em outros mercados da América Latina. O modelo foi classificado com quatro estrelas para adultos e com três para crianças. O Mitsubishi Montero Sport, feito na Tailândia, também não é vendido no Brasil. O carro recebeu cinco estrelas no primeiro quesito e três em proteção infantil.

EVOLUÇÃO

María Fernanda Rodríguez, presidente da diretoria do Latin NCAP, analisa os resultados como positivos, apesar de faltar empenho para melhorar a segurança para crianças. Ela destaca que é possível perceber clara evolução recente nos veículos vendidos na América Latina.

Ainda assim, María defende a necessidade de o governo exigir mais das montadoras. “Apenas com regulações técnicas é que se democratiza a segurança, gerando concorrência justa entre as empresas e, o mais importante, protegendo a população. Espero que a GM se some a este processo, já que é uma empresa muito importante, reconhecida e que construiu, por anos, uma imagem muito sólida”, destacou, reforçando a necessidade de que todas as montadoras se comprometam com a melhoria dos carros vendidos localmente.

Assista ao teste de impacto da Toyota Hilux:



Tags: Latin NCAP, Toyota Hilux, segurança, teste.

Comentários

  • Arthur Castro

    Essa Pick-up também é um excelente equipamento na mão de terroristas!

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência