Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Chery fará 3 tipos de Tiggo no Brasil
Tiggo 5 provavelmente será o primeiro dos três SUVs a serem produzidos pela Chery no Brasil

Indústria | 11/12/2015 | 20h18

Chery fará 3 tipos de Tiggo no Brasil

SUVs serão produzidos em Jacareí no segundo semestre de 2016

PEDRO KUTNEY, AB

Após o que chamou de “ano de aprendizado”, o primeiro de produção da fábrica brasileira de Jacareí (SP), Luis Curi, vice-presidente da Chery Brasil, anunciou como uma das lições aprendidas no País que a fabricante de origem chinesa irá produzir aqui três tipos do SUV Tiggo, dois deles a partir do segundo semestre de 2016 e o terceiro em 2017. “Uma nova análise da situação nos mostrou que é melhor ir aonde a procura cresce atualmente e também existe mais rentabilidade na venda. Se já soubéssemos disso em 2009, quando iniciamos o projeto de produzir no Brasil, certamente teríamos começado a fazer esses carros primeiro”, explica o executivo.

Dos três SUVs, dois já são conhecidos do público brasileiro. O primeiro deles provavelmente será o Tiggo 5, quinta geração do modelo apresentado pela primeira vez no Brasil no Salão do Automóvel de São Paulo em outubro de 2014. O segundo é o Tiggo 3, a geração antiga do SUV que a Chery vem importando para o mercado brasileiro e até o ano passado era montado em CKD no Uruguai. O terceiro é o Tiggo 1, um SUV compacto montado sobre a mesma plataforma do Celer, que começou este ano a ser produzido em Jacareí, em versões hatch e sedã. Ainda não está definida, contudo, a ordem de chegada de cada modelo à linha de montagem: “Estamos estudando uma série de fatores de mercado para decidir”, informa Curi.

A Chery havia divulgado há um ano que começaria a fazer o novo Tiggo 5 em Jacareí no segundo semestre de 2015. Com a deterioração da situação econômica no Brasil, os planos mudaram e em julho passado a montadora anunciou que iria investir US$ 100 milhões para produzir o SUV só em 2017 (leia aqui). “Decidimos mudar de novo e adiantar o plano para aproveitar o crescimento desse segmento aqui”, justifica Curi. Ele também confirma que está mantido o início da produção brasileira do novo QQ, que já é montado em pré-série na fábrica e deve ser lançado comercialmente no País em março, com atraso de um ano em relação ao que havia sido informado em 2014.



Tags: Chery, Brasil, Jacareí, fábrica, investimento, Tiggo, Celer, QQ.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência