Automotive Business
  

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 08/12/2015 | 18h25

Consórcio mantém força na venda de motos

Modalidade responderá por quase 35% das entregas realizadas em 2015

MÁRIO CURCIO, AB

O consócio se mantém como principal modalidade de venda de motos e deve fechar 2015 com participação próxima a 35%. E o Crédito Direto ao Consumidor responderá por 33% do segmento, apesar de a taxa de aprovação das propostas continuar baixa, cerca de 20% apenas. Os números foram divulgados pela Abraciclo, associação que reúne fabricantes de motos e bicicletas.

- Veja aqui o estudo da Abraciclo

A restrição ao crédito fez crescer nos anos recentes não só o consórcio, mas as vendas à vista, hoje em 32,3%. Na modalidade são computados também parcelamentos no cartão de crédito e cheques pré-datados. Até o fim do ano a Abraciclo acredita no emplacamento de 1,255 milhão de motos, ou 12,2% a menos que o total registrado em 2014.

Além da restrição ao crédito, pesam contra o setor a baixa confiança do consumidor (que fez reduzir o fluxo nas lojas) e questões climáticas. “O excesso de chuvas fez as vendas na Região Sul caírem 18,6% no acumulado até novembro”, recorda Fermanian.



Tags: Motos, consórcio, motos, motocicletas, Abraciclo, Marcos Fermanian.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência