Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
FCA adota conceito Custom Shop para Renegade
Estribo faz parte do kit Landscape, que inclui também engate traseiro e barras transversais no teto

Indústria | 07/12/2015 | 17h10

FCA adota conceito Custom Shop para Renegade

Carro recebe dentro da fábrica os kits Mopar escolhidos pelo cliente

REDAÇÃO AB

A FCA Fiat Chrysler começa a utilizar para o Jeep Renegade o conceito Custom Shop, em que o comprador do utilitário esportivo escolhe kits de personalização para instalação dentro da própria fábrica. Segundo a empresa, a partir da escolha dos itens o Renegade recebe esses acessórios e retorna à linha de montagem para procedimentos finais de checagem e inspeção.

O conceito é aplicado no Polo Automotivo Jeep, em Goiana (PE). O Custom Shop é uma extensão da Mopar focada na utilização de acessórios desenvolvidos em parceria com a engenharia, validados e em conformidade com toda a funcionalidade do veículo.

Os produtos Mopar são criados em colaboração com as plataformas que projetam e definem as especificações técnicas dos carros. Nos Estados Unidos, o Custom Shop tem nove unidades e equipa cerca de 20 mil carros por mês com mais de 130 kits.

No Brasil, o Custom Shop dedica quatro kits para o Renegade: Audio Booster, Chrome, Protection e LandScape (foto), que além do estribo lateral inclui barras transversais no teto e engate traseiro. Os outros são formados por protetores de cárter e tanque, por detalhes cromados (retrovisores, maçanetas) e também por som e entretenimento.

Tags: FCA, Jeep, Renegade, Mopar, Custom Shop, Goiana, Audio Booster, Chrome, Protection, LandScape.


Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência