Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Trabalho | 19/11/2015 | 16h33

Termina sem acordo reunião entre Chery e sindicato

Metalúrgicos querem reposição de inflação e reajuste igual para toda a fábrica

MÁRIO CURCIO, AB

Terminou sem acordo a reunião entre representantes da Chery e do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região. Os trabalhadores reduziram a reivindicação de reajuste de 13% para 12%, ou 10% mais R$ 2 mil de abono, mas essa nova proposta não teria teria sido aprovada pela montadora instalada em Jacareí (SP).

“A Chery ofereceu duas faixas, 9,88% para a maioria e 4,88% para os trabalhadores mais especializados. Rejeitamos por não ter a reposição da inflação e pela discriminação de faixas. Queremos reajuste real e linear, para todos os trabalhadores”, afirma o diretor do sindicato, Guirá Borba.

A Chery, no entanto, informou a Automotive Business que a proposta apresentada ao sindicato estaria sendo analisada. Tanto a montadora como a entidade que representa os trabalhadores confirmam novo encontro quarta-feira, 25, às 9 horas.

A greve realizada no dia 18 terminou em 24 horas como previsto. A fábrica de Jacareí tem cerca de 420 trabalhadores e produz o modelo Celer em duas versões, hatch e sedã.



Tags: Chery, sindicato, metalúrgicos, Guirá Borba, Celer.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência