Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Nissan apura alta de 37,4% do lucro líquido até setembro
CCO da Nissan, Hiroto Saikawa, apresenta os resultados financeiros do período em Yokohama, no Japão

Balanço | 04/11/2015 | 15h33

Nissan apura alta de 37,4% do lucro líquido até setembro

Vendas fortes na América do Norte e Europa impulsionam resultado

REDAÇÃO AB

O lucro líquido da Nissan aumentou 37,4% na primeira metade do ano fiscal que corresponde ao período entre abril e setembro contra iguais meses do ano fiscal anterior, ao reportar ganhos equivalentes a US$ 2,7 bilhões. A montadora atribuiu o resultado à forte demanda na América do Norte e Europa ocidental aliada ao gerenciamento de custos e a correção do iene com relação ao dólar, o que contrabalanceou a queda das vendas no Japão e em mercados emergentes.

O lucro operacional cresceu 50,8%, para US$ 3,2 bilhões, enquanto o faturamento líquido subiu 15,3%, para US$ 48,7 bilhões. As vendas da Nissan tiveram incremento de 1,3% nos seis meses encerrados em setembro com a entrega de 2,62 milhões de veículos em todo o mundo. O relatório destaca alta da demanda na América do Norte pelo sedã Altima e o SUV Rogue, além do aumento das vendas na Europa Ocidental para modelos como o X-Trail e o Qashqai. Na China, houve incremento de 9,5% das vendas para 722 mil unidades enquanto que as entregas no Japão e na América Latina caíram 9% e 2,5% respectivamente para 265 mil e 86 mil unidades.

“A Nissan entregou sólido crescimento das receitas e melhoria da rentabilidade no primeiro semestre do ano fiscal, impulsionada pela crescente demanda por nossos veículos na América do Norte e uma recuperação na Europa Ocidental, que compensou a volatilidade do mercado em outros lugares”, disse Carlos Ghosn, CEO e presidente mundial da Nissan.

A marca se manteve como líder mundial no mercado de veículos elétricos, com vendas acumuladas aproximadas de 200 mil unidades. Como parte de sua estratégia de emissões zero, a Nissan anunciou em setembro que seu modelo 100% elétrico Leaf estará disponível em uma nova versão com bateria de 30 kWh que permite uma autonomia 20% maior do que o modelo atual.

PROJEÇÕES PARA O ANO FISCAL 2015/2016

A Nissan revisou para cima as projeções de balanço financeiro que foram apresentadas anteriormente ao mercado em 13 de maio. Para o ano fiscal em curso que termina em 31 de março de 2016, a empresa espera obter lucro líquido equivalente a US$ 4,5 bilhões – na previsão anterior, o valor era de US$ 4,2 bilhões. O lucro operacional é estimado agora em US$ 6,1 bilhões contra os US$ 5,9 bilhões previstos anteriormente, enquanto a receita líquida deve encerrar o ano fiscal vigente em US$ 102,6 bilhões, que considerando o ajuste cambial, previa US$ 105,2 bilhões em maio.

“Estamos aumentando nossa performance financeira para o ano completo graças à nossa gama agressiva de produtos, nossa disciplina financeira e aos benefícios da nossa estratégia de manter uma aliança com a Renault, que nos faz entregar resultados melhores que os esperados”, conclui Ghosn.

A revisão é baseada em uma previsão de vendas globais de 5,5 milhões de unidades para o ano fiscal completo, que se confirmado, representará aumento de 3,4% em comparação com o ano fiscal 2014-2015.



Tags: Nissan, balanço, lucro líquido, receita, vendas, faturamento.

Comentários

  • Gilson Paula Lopes de Souza

    Modelo de austeridade, disciplina e inovação, que serve-nos de referência.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência