Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Balanço | 29/10/2015 | 19h04

Faturamento do Grupo Renault cresceu 11,8%

Receita da divisão automotiva chegou a € 29,8 bilhões até setembro

REDAÇÃO AB

O Grupo Renault alcançou bons resultados de vendas ao longo de 2015. A divisão automotiva da companhia alcançou faturamento de € 26,7 bilhões de janeiro a setembro, com expansão de 11,8% na comparação com igual intervalo do ano passado. Só no terceiro trimestre o total de carros vendidos cresceu 1,2%, para 620,5 mil unidades. O aumento levou a crescimento de 10,2% nas receitas, para € 8,8 bilhões entre julho e setembro. As informações foram divulgadas pela companhia na quinta-feira, 29.

A performance foi positiva no mercado europeu, onde as vendas da montadora avançaram 6,5% com o sucesso de novos modelos lançados na região, como Kadjar e Espace, aliados às vendas da Kaptur e do Clio. Houve ganho de market share no Leste Europeu e nas Américas. A posição da Renault permaneceu estável na África, no Oriente Médio e na Ásia-Pacífico.

A fabricante destaca ter mantido presença forte no mercado brasileiro, o segundo maior do mundo para a empresa. A participação nas vendas cresceu 0,3 ponto porcentual, para 7,4%. Também houve aumento na Argentina, onde os negócios evoluíram e a Renault garantiu 14,6% de market share, com aumento de 2,6 pontos.

Com os bons resultados até setembro, a empresa faz projeções positivas para o ano. A expectativa é de aumento das vendas e do faturamento, com melhora ainda da margem operacional.



Tags: Ranault, vendas, faturamento, resultado.

Comentários

  • Gilson Paula Lopes de Souza

    A Competência diretiva e operativa da Renault é referência para estudos na busca da competitividade, e superação da nossa crise!

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência