Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 05/08/2015 | 13h02

KTM espera vender 1,6 mil unidades em 2015

Distribuição já é feita em revendas exclusivas e terá ajuda da rede Dafra

REDAÇÃO AB

Até o fim do ano, a KTM pretende vender aos concessionários cerca de 1,6 mil motos na soma de modelos importados de alta cilindrada, das motos específicas para enduro e da linha urbana Duke, que começa a chegar ao mercado (leia aqui).

Para falar sobre a operação da marca austríaca controlada no Brasil pela Dafra, Automotive Business entrevistou o gerente de marcas José Ricardo Siqueira. Até o momento as vendas das motos ocorriam em cinco concessionárias exclusivas KTM, que vendiam as motos de enduro, as importadas 1190 Adventure e que recentemente receberam um primeiro lote de 120 unidades da 390 Duke. São lojas em capitais do Sul, Sudeste e Centro-Oeste. “Nossa ideia agora é ampliar a capilaridade e estudamos em conjunto com candidatos preencher espaços no Norte e Nordeste”, afirma Siqueira.

Com a chegada da linha Duke se inicia uma segunda fase, em que serão abertas as primeiras lojas Dual Brand (Dafra/KTM). “Elas terão identificação externa e interna. O layout foi desenvolvido pelo estúdio responsável pelo design de motos KTM, como ocorre com o Pininfarina para a Ferrari”, recorda. Três unidades Dual Brand serão abertas no Estado do Rio de Janeiro, quatro em São Paulo e também estão programados pontos como estes para Belo Horizonte (MG), Vitória (ES) e Florianópolis (SC).

A Dafra vem negociando com seguradoras para oferecer preços competitivos em seguros, já que motos nacionais semelhantes à linha Duke (como a Yamaha 250 Fazer e a Honda CB 300R) têm índices elevados de furto e roubo: “A negociação com as companhias de seguro não é uma tarefa fácil, mas o que motiva o roubo é o mercado negro de peças e este não é o caso da Duke por ser um produto novo”, recorda Siqueira.

A KTM foi o maior fabricante europeu de motos em 2014, com 158,8 mil unidades produzidas e faturamento de € 864,6 milhões. No primeiro semestre de 2015 sua produção superou em 25,6% o mesmo período do ano passado e o faturamento cresceu 49,7%. A empresa é controlada pela Cross Industries/Pierer Group e pela indiana Bajaj.



Tags: Dafra, KTM, Duke, José Ricardo Siqueira, 1190 Adventure, enduro.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência