Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
GM São José fica fora de investimento
Fábrica da GM em São José dos Campos: sem novos investimentos

Indústria | 28/07/2015 | 18h32

GM São José fica fora de investimento

Aporte também não inclui o projeto de novo compacto popular

PEDRO KUTNEY, AB

O novo programa de investimento da General Motors do Brasil anunciado na terça-feira, 28, de R$ 13 bilhões entre 2014 e 2019 para fazer uma nova família de seis carros (leia aqui), não contempla a fábrica de São José dos Campos (SP), no Vale do Paraíba. Devido aos constantes conflitos com o sindicato local de trabalhadores, a planta vem sendo esvaziada desde 2012, quando foi fechada a linha de montagem de veículos leves que fabricava a antiga família Corsa e Meriva. Ainda é mantida na unidade a produção da picape S10 e do SUV Trailblazer, além de motores, transmissões e outros componentes. “Enquanto não tivermos segurança de condições competitivas não voltaremos a investir na planta”, resumiu Jaime Ardila, presidente da GM South America.

Também não está contemplado no plano o projeto do novo carro compacto popular da GM, justamente o investimento que havia sido negociado para a fábrica de São José em 2013, estimado em R$ 2,5 bilhões na época (leia aqui). Há mais de um ano a montadora negociou incentivos municipais e estaduais para a planta, e também fechou um acordo com o sindicato para receber o aporte. “Aquilo foi um acordo de curto prazo, de apenas seis meses, não é o que precisamos”, esquiva-se Ardila.

Mesmo sem novos investimentos nem novos produtos, Ardila nega que a intenção seja e fechar a fábrica. “Não pretendemos fazer isso”, disse. E sobre o projeto do carro compacto, o executivo admite que muitas fórmulas já foram estudadas, “mas ainda não estamos prontos, não encontramos um modelo ideal para esse segmento”.

Segundo apurou Automotive Business, o projeto de um novo compacto popular foi negociado algumas vezes ao longo dos três últimos anos, com cotação de diversos fornecedores da GM, primeiro com o nome-código Jade e, mais recentemente, Âmbar (leia aqui). Contudo, até agora não foi encontrada a equação ideal entre produto e custos. Enquanto isso, a GM ficará momentaneamente sem um modelo de entrada no mercado, já que o Celta já parou de ser produzido em Gravataí (RS) e o Classic vindo da Argentina deve sair de linha ainda este ano. Para fechar essa lacuna, é esperado para breve o lançamento de uma versão mais barata do Onix.



Tags: GM, General Motors, investimento, novo compacto, São José dos Campos, fábrica.

Comentários

  • Gustavo P. Silva

    Sempre são bem vindas e neste momento são mais que oportunas, notícias de investimentos no Brasil. O que me desagradou neste texto foi a falta de informações/detalhes sobre o investimento que será feito. Que rubricas serão contempladas e com quanto? Ferramental, P&D, modernização/automação, etc? Mas sem dúvida é uma boa notícia! Bom trabalho a todos! Gustavo P. Silva

  • TITO MOURA

    PARABÉNS SINDICATO ...

  • Simone

    Então, uma planta tão linda e gigantesca com a de SJC sem um investimento sequer. Uma pena. Concordo com o Tito Moura... "Parabéns, Sindicato", sempre fazendo errado, e a prefeitura de SJC... deixando a desejar. Tomara que o novo modelo possa trazer de volta o encanto dessa fábrica e manter os empregos. Quem sabe! Estamos aguardando as novidades da GM, é sempre bom ter um veículo bom como os da linha GM e com valor acessível.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência