Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Anfavea mantém fé no segundo semestre
Moan: aposta em promoções para frear queda do mercado

Mercado | 06/07/2015 | 17h47

Anfavea mantém fé no segundo semestre

Para entidade vendas devem se recuperar com novas promoções

PEDRO KUTNEY, AB

O presidente da Anfavea, Luiz Moan, chamou de “conjuntural e pontual” o aprofundamento da queda das vendas no País, que desde abril seguem abaixo de 220 mil unidades por mês e bateram em 212,5 mil em junho, representando retração de 0,1% sobre maio e de 19,4% ante o mesmo mês de 2014. O primeiro semestre fechou com 1,32 milhão de emplacamentos, tombo de 20,7%, com 300 mil a menos do que o verificado no mesmo período do ano passado. O dirigente da associação dos fabricantes de veículos debita o cenário negativo à crise de confiança que, segundo ele, deve arrefecer neste segundo semestre com a aprovação do Programa de Proteção ao Emprego (PPE), conclusão do ajuste fiscal e novas promoções.

- Veja aqui os dados da Anfavea.

Com fé na melhora do cenário – ou ao menos no fim da piora –, a Anfavea manteve inalterada sua projeção de vendas para 2015, de 2,78 milhões de veículos, o que representará queda de 20,6%. Dias antes, a associação dos distribuidores, a Fenabrave, reprojetou para quase 24% o tombo esperado para este ano, para 2,66 milhões, ou 120 mil unidades a menos do que espera a associação dos fabricantes (leia aqui). “Temos convicção na previsão que fizemos, estamos confiantes que será a que vai prevalecer no mundo real”, rebateu Moan.

Para que a previsão da Anfavea se confirme, nos próximos seis meses será necessário emplacar a média de 243 mil veículos por mês, número que só foi superado em janeiro deste ano (253,8 mil). Para alcançar o objetivo, Moan aposta nas promoções, com a prorrogação até 31 de julho do Festival do Consorciado Contemplado, com oferta de descontos para quem tem cota contemplada de consórcio, e mais uma edição do Salão Auto Caixa, em que o banco estatal ofereceu taxa atrativas para o financiamento de carros novos. “No primeiro salão, anunciado há um mês, a Caixa esperava financiar cerca de 33 mil veículos e financiou quase 38 mil financiou, 14,5% acima da expectativa. Foi uma ferramenta importante e já estamos negociando mais um salão. Também falamos com outras instituições”, conta Moan.

Ele lembrou ainda que a concessão de crédito para compra de veículos segue limitada, com 40,4% das vendas de junho feitas à vista, contra 38,1% um ano antes, mesmo com a inadimplência em baixa, totalizando 3,9% dos contratos em maio contra quase 5% no mesmo mês de 2014. Nesse cenário, os consórcios ganham importância, com 72 mil novas cotas vendidas em maio, em alta de 6,7% sobre o mesmo mês do ano passado.

Assista abaixo a entrevista exclusiva de Luiz Moan a ABTV:



Tags: Anfavea, mercado, vendas, projeção.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência