Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Sentra mais equipado chega por R$ 87.490
Modelo vem do México e é o terceiro sedã médio mais vendido no Brasil

Lançamentos | 26/06/2015 | 18h43

Sentra mais equipado chega por R$ 87.490

Versão Unique do Nissan tem teto solar e interior claro como destaques

MÁRIO CURCIO, AB | De Búzios (RJ)

A Nissan traz de volta para o sedã Sentra a série Unique. Mais completa, a opção chega por R$ 87.490 com teto solar, rodas de 17 polegadas com desenho esportivo, mais interior e bancos com forração de couro clara, entre outros detalhes. O carro estará na rede nos próximos dias para completar a linha 2016, apresentada no início do mês com reajustes de 3,1% a 5,2%.

“Esperamos vender cerca de 200 unidades do Unique por mês”, afirma a gerente de produto Juliana Fukuda. Importado do México, o Sentra teve média mensal de emplacamentos superior a 1,2 mil unidades este ano. É o terceiro sedã médio mais vendido. Está bem atrás do primeiro e segundo colocados, o Toyota Corolla (26,1 mil carros até maio) e Honda Civic (13,4 mil no mesmo período), mas tem o mérito de superar o Chevrolet Cruze, que conta com uma rede de cerca de 500 concessionários, bem maior que as 164 lojas Nissan.

O relativo sucesso é resultado do lançamento em setembro de 2013 da geração atual, que fez as vendas do carro aumentarem em mais de 100% em 2014 e sua posição no ranking subir de oitavo para o quarto lugar. As vendas mundiais do carro também tiveram crescimento importante: “No ano fiscal de 2014 foram 500 mil unidades, alta de 20% sobre o de 2013”, recorda Juliana.

Outra mudança que acompanhou o aumento de vendas foi a maior procura por versões mais completas. Atualmente, o carro de entrada (S, de R$ 69.190) responde por apenas 5% do mix. A opção intermediária (SV, de R$ 75.990) e a topo de linha (SL, entre R$ 82.490 e R$ 84.990) têm, respectivamente, 45% e 50%.


Unique traz interior claro e teto solar como itens de série. Desenho das rodas de 17 polegadas é diferenciado. Sedã tem bom espaço interno e porta-malas de 503 litros.

A nova opção Unique deve roubar mais vendas da SL e, dependendo do sucesso que fizer, pode ser incorporada à linha. Segundo a gerente de produto, o carro vem agradando pela lista de equipamentos, que desde a versão de entrada inclui chave presencial, volante com controles de áudio e Bluetooth, mais direção com assistência elétrica. O câmbio é manual de seis marchas, as rodas são de liga leve de 16 polegadas e o sistema de áudio traz CD e MP3 player. O câmbio, porém, é manual de seis marchas

A versão intermediária SV tem transmissão automática CVT como item de série, assim como bancos de couro e ar-condicionado digital com duas zonas distintas de temperatura. Na opção topo de linha SL estão incluídos, além do câmbio CVT, airbags de cortina, acendimento automático dos faróis, câmera de ré e GPS integrado ao painel, entre outros itens. É esta a versão que serve de base para a Unique, um pouco mais completa. O motor para todas as versões é um 2.0 flexível de 140 cavalos. Tem sistema de partida a frio sem tanquinho auxiliar de gasolina.

CONQUISTA PELO TEST DRIVE

Segundo a gerente de produto, a Nissan oferece boas condições para que todo concessionário tenha o carro para test drive: “Um questionário revela que isso tem grande influência na decisão do cliente. Quem testa compra”, diz. “Pesquisas internas também mostram que o nível de satisfação dos clientes vem crescendo”, garante.

Não é difícil gostar do Sentra. O espaço interno é bom, o acabamento é agradável ao toque e o porta-malas tem 503 litros. Automotive Business dirigiu por cerca mais de 100 quilômetros um SL. É possível notar a melhora de dirigibilidade da geração atual em relação à anterior, lançada em abril de 2007, que já era boa.

O câmbio automático CVT está mais preciso nesta sétima geração e não permite variações exageradas e desnecessárias da rotação do motor. As retomadas de velocidade são sempre rápidas e também é possível andar a 120 km/h com o motor virando tranquilo ali na frente, abaixo de 2,5 mil rpm.

Segundo a fabricante, as versões automáticas vão de zero a 100 km/h em 10,1 segundos e alcançam 186 km/h de velocidade máxima. Com o câmbio manual esses valores são um pouco melhores, 9,9 s e 196 km/h.

O Nissan recebe a letra A no selo de eficiência energética (Conpet/Inmetro) em todas as versões. Com etanol, os automáticos CVT fazem 6,9 km/l na cidade e 9,1 km/l na estrada. Os valores passam para 10,2 km/l e 12,9 km/l com gasolina.

Os números da transmissão manual são parecidos. Com álcool são 7,2 km/l em uso urbano e 8,7 km/l em rodovia. Abastecendo com o derivado de petróleo os valores passam a 10,5 km/l e 12,9 km/l.



Tags: Nissan, Sentra, Unique, SL, SV, Juliana Fukuda, Honda, Civic, Toyota, Corolla, Chevrolet, Cruze, CVT.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência