Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Renault lança versão de Zoe com motor próprio
Renault fabrica motor eletrico R240 para nova versão de Zoe na fábrica de Cléon, na França

Elétricos | 26/06/2015 | 17h30

Renault lança versão de Zoe com motor próprio

Modelo chega a Europa com o propulsor R240 desenvolvido pela própria Renault

REDAÇÃO AB

A Renault lança na Europa uma nova versão de seu compacto Zoe 100% elétrico com o novo motor R240, desenvolvido e produzido pela própria montadora, na fábrica de Cléon, na França. O novo propulsor confere ao modelo, o elétrico da marca mais vendido no mundo, uma bateria melhorada se comparada com a versão equipada com o Q210, fornecido pela Continental, aumentando a autonomia do veículo de 210 quilômetros para 240 quilômetros.

De acordo com Vincent Carré, diretor de vendas e marketing da Renault para veículos elétricos, seus engenheiros conseguiram reduzir o tamanho do novo motor elétrico em 10% em comparação ao Continental Q210 sem sacrificar o desempenho. Por sua vez, Bertrand Largy, diretor de desenvolvimento de motores elétricos e baterias, acrescentou que seu custo de produção é menor, em razão de o R240 não utilizar ímãs, comumente encontrados em motores elétricos, entre outros materiais de maior valor agregado. Carré destacou também que a redução de custos de produção do Zoe é importante para a lucratividade e também porque alguns governos estão diminuindo os incentivos para os compradores deste tipo de veículo.

Sobre o fato de a Renault não utilizar o mesmo motor do elétrico Leaf, de sua parceira em aliança, a Nissan, Largy argumentou que o propulsor ainda não estava disponível na ocasião do desenvolvimento do Zoe, há oito anos, mas que a empresa disponibilizará seu novo motor R240 para a Nissan, mas que não há informações se a montadora japonesa fará uso dele.

REFORÇO DE PORTFÓLIO

Com o lançamento da nova versão, a empresa espera reverter as perdas das vendas do modelo elétrico, que entre janeiro e abril de 2015 somaram 4.653 unidades na Europa, enquanto que há um ano este volume chegou a pouco mais de 11 mil. Carré afirmou que a nova opção de motor ajudará a impulsionar as vendas do Zoe em 50% em 2016 em comparação com este ano. Segundo ele, um bônus de € 10 mil oferecidos pelo governo francês para incentivar os proprietários de carros movidos a diesel com mais de 13 anos a comprar um carro zero quilômetro elétrico também impulsionará o desempenho no mercado.

A Renault continuará a vender o Zoe elétrico com o motor Continental. Seus clientes pagarão € 500 euros a mais para a versão porque ele é compatível com carregadores rápidos, ao contrário do R240.

Apesar da baixa do Zoe, a Renault tem alcançado bons números de vendas com seus outros modelos elétricos. Nesta semana, a aliança que mantém com a Nissan anunciou o marco de 250 mil elétricos vendidos em todo o mundo (leia aqui).

Tags: Renault, veículo elétrico, Zoe, motor.


Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
AB Inteligência