Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Grupo Volkswagen prepara reestruturação global
Winterkorn falou sobre o plano para os funcionários da companhia

Negócios | 17/06/2015 | 13h05

Grupo Volkswagen prepara reestruturação global

Companhia dará mais responsabilidade às marcas e líderes regionais

REDAÇÃO AB

O Grupo Volkswagen trabalha em ampla reestruturação para ganhar agilidade e flexibilidade globalmente. A companhia dará mais responsabilidade e poder de decisão às marcas e líderes regionais. Dessa forma, a organização pretende oferecer respostas mais rápidas às transformações da indústria e do consumidor de cada mercado. Informações da agência Automotive News Europe apontam que o CEO do conglomerado alemão, Martin Winterkorn, comunicou a iniciativa a cerca de 10 mil funcionários durante reunião na sede da empresa em Wolfsburg na quarta-feira, 17.

“A Volkswagen ajustará seu modelo de tomada de decisão para o futuro”, teria declarado o executivo. O CEO não detalhou quais serão as medidas adotadas no processo de reestruturação, apenas enfatizou a meta de buscar o balanço ideal entre a centralização da liderança e a independência de cada área e região. Ainda assim, a publicação europeia indica que o plano inclui dividir o grupo em quatro holdings, com impacto nas 12 marcas.

Nessa nova organização, Volkswagen, Skoda e Seat serão comandadas por Herbert Diess, que deixou seu cargo no conselho de administração da BMW para se juntar à Volkswagen a partir de julho deste ano. Outra mudança importante afetará o CEO da Audi, Rupert Stadler, que passará a comandar também a Lamborghini e a Ducati. Já Porsche, Benteley e Bugatti ficarão sob o guarda-chuva de Matthias Mueller, responsável hoje apenas pela Porsche. A área de veículos comerciais, que inclui Scania, será conduzida por Andreas Renschler.

A reestruturação pretende potencializar a atuação da companhia em alguns mercados promissores, como África do Sul, Rússia, China e Estados Unidos. Com isso, o objetivo é garantir que a companhia alcançará a meta de chegar à liderança global de vendas de veículos. Os pontos fracos na gestão do grupo foram expostos em abril deste ano, quando Winterkorn se desentendeu com Ferdinand Piech, que até então era presidente do conselho de administração e deixou a companhia depois do episódio.



Tags: Volkswagen, reestruturação, Martin Winterkorn.

Comentários

  • Osneir Silva

    Gostei muito, acredito que isso deva ser resultado de reavaliação da estratégia que a marca já executa desde 2010 e que tem como um de seus focos ser a líder global.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência