Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Trabalho | 10/06/2015 | 16h43

GM de Gravataí para entre 15 e 28 de junho

Todas as fábricas da montadora no Brasil estarão em férias na próxima semana

MÁRIO CURCIO, AB

Apesar da demanda razoável pelos Chevrolet Onix e Prisma, a General Motors dará férias coletivas entre os dias 15 e 28 a toda a fábrica de Gravataí, onde esses modelos são produzidos. “Vão parar os três turnos da produção, o pessoal administrativo e todos os fornecedores. A medida afeta cerca de 10 mil trabalhadores”, afirma o diretor administrativo do Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí, Valcir Ascari.

Segundo o dirigente, na semana passada havia cerca de 19 mil carros em estoque. A medida entra em vigor 20 dias depois de a GM ter ampliado o regime do banco de horas para evitar o fim do terceiro turno da unidade gaúcha. O fato de o Onix ser o segundo carro mais vendido no Brasil e o Prisma, o nono, não impediram a adoção da parada.

No dia 15 também começam férias coletivas nas unidades da GM de São José dos Campos (o que interrompe a produção de S10 e Trailblazer até 30/6) e Joinville (motores, até 28/6). Nesta quinta-feira, 11, iniciam-se férias coletivas também em Mogi das Cruzes (componentes) e São Caetano do Sul (Cruze, Cobalt, Montana e Spin).

BETIM ESTÁ PARADA DESDE SEGUNDA, 8

A Fiat aproveitou a retração de mercado para fazer uma parada técnica, que interrompeu toda a produção entre os dias 8 e 12 de junho para ajustes e manutenção. Os setores administrativos trabalham neste período. O retorno dos metalúrgicos ocorre na segunda-feira, 15.



Tags: GM, General Motors, Gravataí, Onix, Prisma, Valcir Ascari, S10, Trailblazer, Cruze, Cobalt, Spin, Montana.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência