Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Carros de entrada ganham espaço com a crise
Vendas do novo Ka ajudaram a ampliar participação dos carros de entrada

Mercado | 27/05/2015 | 18h00

Carros de entrada ganham espaço com a crise

Modelos acessíveis responderam por mais de um quarto das vendas até abril

MÁRIO CURCIO, AB

De janeiro a abril deste ano, os carros de entrada voltaram a ser a principal escolha entre os consumidores que parcelaram um zero-quilômetro. A fatia de mercado desses veículos está em 25,8%, ante 23,7% nos mesmos quatro meses de 2014. Já para os hatches pequenos, em regra mais completos, a participação caiu de 27,2% (jan.-abr. 2014) para 25,2% (jan.-abr. 2015).

Os números referem-se a vendas feitas por Crédito Direto ao Consumidor (CDC), consórcio e leasing. Foram fornecidos pela Cetip, empresa que opera o Sistema Nacional de Gravames, base de informações financeiras de veículos entregues em operações de crédito.

Um dos modelos que contribuíram para ampliar a participação dos carros de entrada foi o novo Ford Ka, que nos primeiros quatro meses de 2015 teve 30,7 mil unidades emplacadas, ante 3,3 mil no mesmo período de 2014, quando geração antiga do carro agonizava. A postura mais cautelosa diante do momento atual também pode ter levado parte dos consumidores de hatches pequenos a migrar para os de entrada.

Apesar da melhora da participação dos carros mais acessíveis neste ano, a Cetip recorda que a preferência por esses modelos vem caindo nos últimos cinco anos. Em 2011, eles respondiam por 34,3% do total das vendas a prazo. Neste mesmo intervalo (2011-2015), os hatches pequenos passaram de 17,1% para os atuais 25,2%.

O aumento de participação também ocorreu nos sedãs pequenos. De janeiro a abril de 2011 eles representavam 16,8% do total financiado. No acumulado de 2015, saltaram para 20% do mercado.

DIVISÃO EM CATEGORIAS

Vale dizer que o critério utilizado para a separação de veículos de entrada e hatches pequenos tem muitas distorções, como reunir numa mesma linha modelos diferentes (o Fiat Palio novo e o antigo estão unificados na lista dos veículos de entrada).

Também não faz sentido o Toyota Etios estar entre os carros de entrada e o Chery QQ na lista dos hatches pequenos.



Fonte: unidade de financiamentos da Cetip; YTD: janeiro a abril



Tags: Hatches, Ford Ka, CDC, leasing, consórcio.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência