Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Carreira | 13/05/2015 | 20h33

Krüger assume o comando do Grupo BMW

No lugar de Robert Reithofer, que agora assume conselho de supervisão

REDAÇÃO AB

Harald Krüger assumiu oficialmente a presidência do conselho de administração do Grupo BMW, no ocupado desde 2006 por Norbert Reithofer, que seguirá na empresa agora como presidente do conselho de supervisão. As mudanças já tinham sido anunciadas em março e na quarta-feira, 13, foram referendadas durante a reunião anual de acionistas da companhia.

O engenheiro Krüger trabalha no Grupo BMW desde 1992 e assumiu um assento no board de diretores em dezembro de 2008, primeiro como responsável por recursos humanos. Depois, em 2012, assumiu no conselho a responsabilidade pelas marcas Mini, Motorrad e Rolls-Royce e pelo pós-vendas, até ser indicado, em 2013, para comandar as operações de manufatura. Este lugar no conselho deixado por Krüger já foi preenchido por Oliver Zipse, que começou sua carreira na BMW em 1991 como um trainee e, mais recentemente, era vice-presidente sênior de planejamento corporativo e estratégia de produto do grupo alemão.

Já Reithofer está na companhia desde 1987 e há 15 anos vinha assumindo diversas responsabilidades no board até chegar à presidência em setembro de 2006. Agora no comando do conselho de supervisão, ele entra no lugar deixado por Joachim Milberg, que se aposenta após 22 anos na BMW, onde sempre ocupou postos nos conselhos de administração e supervisão. Milberg continuará a manter laços com a companhia, que planeja colocá-lo à frente de atividade globais relacionadas a responsabilidade social corporativa e fundações de caridade.



Tags: BMW, Grupo BMW, carreira, Harald Krüger, Robert Reithofer, presidência.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência