Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Autopeças | 12/05/2015 | 19h15

FMM espera faturar € 200 milhões em Goiana

Marelli e Faurecia operam juntas no parque de fornecedores da FCA

REDAÇÃO AB

A FMM Pernambuco Componentes Automotivos, joint venture entre Magneti Marelli (65% de participação) e Faurecia(35%), começou a operar no parque de fornecedores da Fiat Chrysler Automobiles em Goiana (PE) com perspectiva de faturar acima de € 200 milhões por ano. A projeção, segundo a companhia, é para longo prazo, quando a produção atingir seu pico.

As duas empresas desenvolvem e fabricam juntas grandes componentes em plástico, como para-choques, aerofólios, painéis de portas, painéis de instrumentos e consoles com eletrônica instalada para os veículos da FCA produzidos na fábrica de Goiana - o primeiro deles é o Jeep Renegade.

Eugenio Razelli, CEO da Magneti Marelli, lembra da importância da parceria: “Acima de tudo, estamos honrados em participar e contribuir com esse importante projeto. A parceria com a Faurecia é muito importante porque podemos efetivamente integrar o nosso know-how a fim de contribuir para projetos importantes, como aqueles relacionados à Pernambuco.”

“Esse acordo é um grande passo no desenvolvimento de nossas atividades em longo prazo com a Fiat Chrysler Automobiles”, acrescenta Yann Delabrière, chairman e CEO da Faurecia.

Serge Giannitrapani, presidente da FMM, explica no vídeo abaixo como funciona a empresa, com operação dentro do parque de fornecedores construído ao lado da linha de montagem:



Tags: Marelli e Faurecia operam juntas no parque de fornecedores da FCA.

Comentários

  • Luciano Andre Capretz

    Abraços ao amigo Roberio P. Suassuna Dutra - Manager FMM Automotive.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência