Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Balanço | 29/04/2015 | 18h45

PSA tem receita 4,6% maior no 1º trimestre

Vendas do grupo francês somaram € 13,7 bilhões no período

REDAÇÃO AB

As vendas do Grupo PSA no primeiro trimestre somaram € 13,7 bilhões, resultando em alta de 4,6% sobre as receitas do mesmo período do ano passado. As entregas do setor automotivo, excluindo as joint ventures chinesas, chegaram a € 8,95 bilhões, apresentando leve aumento na comparação anual.

A receita de vendas de veículos novos aumentou 1,1% por causa do mix de produtos e dos efeitos positivos dos preços e das taxas de câmbio, especialmente com relação à libra esterlina, que compensou a queda nos volumes.

As vendas da divisão automotiva incluindo a quota das joint ventures chinesas chegaram a € 10,21 bilhões e resultaram em aumento de 3,3%, marcado pelo forte crescimento das vendas na China.

As vendas de veículos montados registraram aumento considerável na Ásia, África, Oriente Médio e região Índia-Pacífico, apresentando pequena redução na Europa. As vendas também estão em queda na América Latina e na Eurásia, onde os custos fixos estão sendo redimensionados.

Na Europa, apesar de as vendas de veículos apresentarem leve queda de 1%, as do Grupo PSA aumentaram 4% no trimestre e levaram a companhia a anunciar aumento de sua produção em 10% durante os próximos quatro meses (veja aqui).

As entregas da PSA na América Latina e Eurásia recuaram, respectivamente, em 35% e 86%, em mercados que recuaram bem menos que isso (-12% e -36%). A gestão de vendas segue a lógica de retorno ao equilíbrio financeiro em 2017, graças à forte queda do equilíbrio financeiro, preservando a capacidade de recuperação.

No Oriente Médio-África e Índia-Pacífico, as vendas do grupo apresentaram alta significativa de 19% e 32%, respectivamente, com um desempenho particularmente forte na Turquia (acréscimo de 47%). No fim de março de 2015, os estoques totalizaram 370 mil veículos, incluindo inventário da rede, resultando em retração de 54 mil unidades no confronto com o mesmo período de 2014.

As vendas de Faurecia no primeiro trimestre atingiram € 5,14 bilhões, acréscimo de 13,8%. A receita do Banco PSA Finance, a uma base de 100%, é de € 424 milhões no período, com crescimento de 1,4%.

PERSPECTIVAS DA PSA

O grupo espera um crescimento do mercado automotivo europeu de 4% em 2015, cerca de 7% de alta na China, retração de cerca de 10% na América Latina e de 30% na Rússia.

O grupo pretende gerar € 2 bilhões de fluxo de caixa livre operacional no período 2015-2017. Além disso, quer atingir uma margem operacional de 2% na divisão automotiva em 2018, com meta de 5% durante o período do próximo plano de médio prazo, que irá de 2019 a 2023.



Tags: PSA, Peugeot, Citroën, DS, taxas de câmbio, Faurecia, Banco PSA Finance.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência