Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Autopeças | 28/04/2015 | 11h54

Magneti Marelli inaugura cinco fábricas em Pernambuco

Unidades já empregam mil trabalhadores para abastecer linha Jeep de Goiana

REDAÇÃO AB

Como consequência da nova fábrica Jeep em Goiana (PE), a Magneti Marelli inaugurou cinco unidades industriais naquele Estado, quatro delas dentro da área da planta. As unidades no parque de fornecedores estão organizadas como MMH (soldagem e montagem de sistemas de suspensão, produção de tanques plásticos de combustível, montagem do conjunto de pedais e sequenciamento do sistema de exaustão), MM Stamping & Welding (estampagem de componentes estruturais e de suspensão e soldagem de subchassi), FMM (joint venture com a Faurecia para produção de painel e para-choques plásticos) e SPMM (joint venture com a Sole Prima para fazer peças plásticas).

As fábricas da Magneti Marelli em Goiana têm área construída de 130 mil metros quadrados, ocupando quase metade dos de 276 mil m² dos prédios do parque de fornecedores. A fabricante de autopeças e sistemas automotivos tem mais de mil colaboradores nas quatro fábricas de Goiana e uma em Cabo de Santo Agostinho, onde produz escapamentos. O total pode chegar a 3 mil em 2017 se até lá a Jeep estiver operando em sua capacidade máxima.

O presidente da Magneti Marelli para a América Latina, Olivier Philippot, recorda que o Brasil é “o único país além da Itália a manter todas as unidades de negócio da Magneti Marelli”. Uma novidade da companhia no Brasil está nas parcerias que a empresa firmou no parque de fornecedores de Pernambuco com a Faurecia (FMM) e a Sole Prima (SPMM).

As joint ventures (leia aqui) são focadas em troca de tecnologia e know-how no desenvolvimento e produção de componentes plásticos como painel, console central, para-choques, no caso da FMM; mais protetor de cárter, painéis de porta, colunas internas, tampa interna do porta-malas, molduras externas, caixas de roda e outros itens, na SPMM.

SISTEMAS DE EXAUSTÃO

Como parte da MMH nessa operação, a unidade industrial está localizada em Cabo de Santo Agostinho, também em Pernambuco. É a segunda fábrica de sistemas de exaustão da Marelli no Brasil (a outra fica em Amparo, SP) e vai abastecer a fábrica de Goiana e outras montadoras próximas. “Com a expansão no País, a Magneti Marelli passa a ter 15 unidades produtivas e 11 mil colaboradores”, recorda Philippot.



Tags: Magneti Marelli, Fiat, Chrysler, Pernambuco, Goiana, Olivier Philippot, Faurecia, Sole Prima, Exaustão, plásticos, usinagem, estampagem, subchassi.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência