Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Bosch quer duplicar presença no aftermarket

Autopeças | 09/04/2015 | 16h00

Bosch quer duplicar presença no aftermarket

Companhia vai investir para chegar a 10 mil oficinas em 6 anos

GIOVANNA RIATO, AB

A Bosch tem metas ambiciosas para sua divisão voltada ao aftermarket. A companhia pretende duplicar sua presença no Brasil. O plano é dobrar a rede atual de 5 mil para 10 mil oficinas nos próximos seis anos. A estratégia foi revelada durante a Automec 2015, feira voltada à reposição automotiva que acontece até 11 de abril em São Paulo. Se o número se concretizar, cerca de 25% de toda a rede independente de reparação de veículos do Brasil será credenciada pela fabricante de autopeças e componentes. A informação é de Delfim Calixo, vice-presidente de aftermarket da companhia para a América Latina.

“A nossa estratégia de crescimento está apoiada em três pilares centrais. Já estamos olhando para 2020”, enfatiza o executivo ao citar o programa de expansão, o investimento para alcançar excelência em logística e a busca por atuação em novos segmentos. Apesar de visar o desenvolvimento da companhia no médio prazo, o plano já rendeu bons resultados para a Bosch, que concentra no aftermarket entre e 15% e 20% dos negócios da divisão automotiva.

A empresa não divulga dados internos, mas aponta que em 2014 houve aumento de cerca de 6% nas vendas de seus distribuidores para o mercado. O crescimento aconteceu mesmo diante da contração da ordem de 3% do aftermarket, conforme indicam dados do Sindipeças citados por Calixto. “Ampliar os negócios em momento de queda do mercado significa que ganhamos market share”, comemora. O executivo, no entanto, não tem um dado preciso do ganho de participação, já que o portfólio da empresa tem mais de 16 linhas de produtos, cada uma delas com uma performance específica.

Calixto avalia que o bom resultado do ano passado garantiu à companhia uma base firme para o início de 2015. “Não começamos o ano com os estoques elevados”, enfatiza. Com isso, a Bosch anotou expansão de 7% nas vendas de seus distribuidores ao aftermarket. O resultado ganha ainda mais peso diante do cenário de contração das vendas de veículos novos e, consequentemente, de autopeças originais. Calixto projeta que, mesmo que a expansão não seja tão robusta, a Bosch tende a fechar 2015 com crescimento de cerca de 5%.

O resultado não deve ser alcançado sem esforço. “Com o mercado de componentes originais contraído, é claro que as fabricantes de autopeças olham com mais cuidado para a área de reposição e aumenta a pressão por redução dos preços, mas buscamos sempre manter de forma justa”, enfatiza o vice-presidente.



Tags: Bosch, autopeças, aftermarket, Automec, reposição.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência