Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Keko quer crescer 10% em 2015 alavancada por novos produtos
Novo engate de reboques da Keko foi desenvolvido para o autotravamento, sem uso de pinos (Fotos: Luciano Mota/Black Balloon)

Autopeças | 08/04/2015 | 21h08

Keko quer crescer 10% em 2015 alavancada por novos produtos

Com foco em inovação, quase 40% da receita vem dos últimos lançamentos

SUELI REIS, AB

Bons ventos sopram em Flores da Cunha: a cidade gaúcha que abriga a fábrica da Keko mostra sua expertise não só nos vinhos que produz, mas também nas autopeças. Especialista em acessórios de personalização automotiva, a fabricante já vislumbra os resultados positivos para 2015, com a previsão de aumentar o faturamento em 10% sobre os R$ 175 milhões obtidos no ano passado.

Com 80% dos negócios focados nas montadoras, a companhia reforça sua estratégia com a inovação, a partir flexibilidade de criar e atender a necessidade de cada projeto: “Contabilizamos uma média de 100 lançamentos de veículos por ano, considerando novas versões e atualizações. Isso significa um extenso trabalho, porque cada produto que de desenvolvemos é único para cada veículo”, explica Juliano Scheer Mantovani, diretor de mercado e inovação da Keko.

Ele conta que foco é inovar: produtos que estão sendo entregues e serão ao longo deste ano são resultado do desenvolvimentos dos dois últimos anos. Seguindo a mesma linha, a empresa já trabalha em novos projetos para lançamentos previstos em 2016 e 2017. “Mais de um terço da nossa receita, quase 40%, é obtido com produtos lançados recentemente, por isso nosso compromisso em investir entre 3,5% e 5% do faturamento em pesquisa e desenvolvimento”.

A empresa mostra com orgulho sua carteira de clientes: Ford, General Motors, Mitsubishi, Toyota e Volkswagen, além de Fiat, Honda e Renault, estas três últimas conquistadas no último ano. O mercado de reposição não fica para trás, já que promove grandes volumes de vendas, principalmente de estribos e santantônios, principais produtos da marca neste segmento. Mantovani estima que a empresa possui fatia de 90% no segmento de acessórios e revela que no primeiro trimestre a empresa contabiliza crescimento parcial de 7% dos negócios no mercado de reposição.

Além disso, a Keko também comemora o bom momento para as exportações, que representam 19% da produção e enviada a 39 países: “Elas quase duplicaram no primeiro trimestre”.

Para a Automec, fez o lançamento da linha de engate de reboque, com as versões K1, mais simples e de entrada, e K3. O produto chega com conceito renovado, uma vez que a empresa foi pioneira em trazer ao mercado brasileiro o engate de reboque na década de 1990.

Traz como principal diferencial o sistema rápido de encaixe, sem o uso de pinos ou outros acessórios para fixá-lo no veículo. Desenhado para o auto travamento, o produto traz sistema antifurto, com uma chave de segurança que protege o suporte da esfera contra furtos, sendo a única capaz de reabrir o engate para soltá-lo do veículo. Com esfera moldada em aço inox, que evita a oxidação, o engate é feito em estrutura de aço carbono, sem pontos de solda, com encaixe de ferro fundido e revestimento em plástico, para absorção de vibrações e ruídos. O executivo informa que a empresa já entrou com o pedido de patente global.

A expectativa é de que o novo acessório, destinado ao mercado de SUVs, duplique as vendas do portfólio de engate da empresa já no primeiro ano de venda.



Tags: Keko, mercado, reposição, aftermarket, Automec, acessórios.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência