Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Autopeças | 07/04/2015 | 18h25

Agora no Brasil, Reflex & Allen tem planos otimistas

Após comprar unidade de mangueiras da Sabó, R&A terá também cabos de ignição

VICTOR FRANÇOIS, AB

A Reflex & Allen, recém-chegada ao Brasil após adquirir o braço de mangueiras de borracha do Grupo Sabó (leia aqui), anuncia que fará investimentos no País independente do desempenho do mercado. Presente na 12ª Automec, a companhia também fez o anúncio de que já homologou uma fábrica no País para oferecer, ainda este mês, cabos de ignição com marca própria, atuando como distribuidores.

A empresa, que está instalada em um prédio da Sabó na Lapa (SP), tem contrato de locação de dois anos. Segundo Ronaldo Teffeha, que comanda o aftermarket da companhia no Brasil, a R&A pretende ficar instalada no local, onde hoje são produzidas as mangueiras de borracha. O diretor geral da Reflex & Allen, Auster Maestrelli, afirmou em nota que a operação da empresa ficará sediada no local e não há plano de mudanças.

Teffeha vê com otimismo a decisão da matriz de investir no País. “O CEO anunciou que o plano de vir para cá, de 2010, se consolidou agora e a retração de mercado não mudará os investimentos que serão feitos e nem a expansão do nosso portfólio a médio prazo”, comemora o executivo.

A empresa é especializada na produção de tubos de plástico para fluídos e sistema de freio, compostos especiais para partes de carroceria, chicotes elétricos espirais e etiquetas de segurança, com fornecimento para montadoras de veículos e mercado de reposição.



Tags: Reflex & Allen, Ronaldo Teffeha, Sabó, Automec 2015, 12ª Automec, Ronaldo Teffeha.

Comentários

  • jeferson

    Uma empresa multinacional, veio para revolucionar o mercado brasileiro com seus produto de poliamida, está revolucionando mesmo é uma crise desenfreada que esta pondo em risco o emprego de muitos de seus funcionários; quando esta empresa assumiu a sabó mangueiras encheu nossos olhos de esperança, e o que nos trouxe foi muita tristeza e preocupações pelo futuro inserto, demissões, falta de suporte ao trabalhador atraso dos fornecedores falta de matéria prima e sacrifícios de mão de obra, onde o serviço seria para três funcionários, apos varias demissões, esta sendo sacrificial à todos o restante dos funcionários que ainda restam na empresa e como se não bastasse, mandaram aproximadamente 12 funcionários pra receber seus direitos na justiça pais de família, que não tem de que sobreviver, sem esse salario ou sem seus direitos trabalhista, homens e mulheres com media de 15 a 33 anos de empresa( contados com o contrato da sabó que nao foi feito nenhum acordo com os funcionários.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência