Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Fiat lidera ranking de vendas a prazo

Mercado | 23/03/2015 | 14h09

Fiat lidera ranking de vendas a prazo

Montadora tomou a ponta da Chevrolet com vantagem de 416 carros

REDAÇÃO AB

A Fiat somou 21,3 mil unidades zero-quilômetro vendidas a crédito em fevereiro e alcançou a liderança no ranking das marcas mais financiadas no primeiro bimestre de 2015. Tomou a frente da Chevrolet, que persegue a líder bem de perto, com desvantagem de 416 unidades. Em terceiro lugar está a Volkswagen, com 41,7 mil automóveis vendidos a prazo.

Os números são da Cetip, que opera o Sistema Nacional de Gravames (SNG) e inclui as transações de veículos por crédito direto ao consumidor (CDC), leasing, consórcio e outras formas de parcelamento. Entre os modelos, o Fiat Palio lidera as vendas a prazo no acumulado do ano com quase 15 mil unidades, ante 14,5 mil do Chevrolet Onix, que havia iniciado o ano na frente.

O terceiro lugar é do VW Fox, com 10,3 mil unidades no bimestre. O hatch havia começado o ano na quinta posição, atrás da picape Fiat Strada e do Chevrolet Prisma. Estes ocupam agora a quinta e a décima posições, respectivamente.

No ranking de usados, a Fiat também lidera a lista de marcas com maior número de vendas a prazo. Foram 100,1 mil unidades no bimestre, ante 99,1 mil da vice-líder Volkswagen. A lista dos modelos usados traz o veterano Gol, com 40,7 mil unidades vendidas a prazo em janeiro e fevereiro, bem à frente do segundo colocado, o Palio, que registrou 28,1 mil unidades.

Veja as marcas com maior volume de vendas parceladas (zero-km)



Tags: Fiat, Chevrolet, VW, Volkswagen, Cetip, Fox, Palio, Onix, Prisma.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência