Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Sustentabilidade | 11/03/2015 | 14h51

Renault adere ao programa da ONU por igualdade de gênero

Ações visam equilíbrio entre homens e mulheres também em âmbitos econômicos

REDAÇÃO AB

A Renault anuncia sua adesão ao programa Princípios do Empoderamento das Mulheres (WEP’s – Women’s Empowerment Principles) promovido pela ONU (Organização das Nações Unidas) que visa a igualdade de gênero em todas as atividades sociais e da economia. Isso significa que a montadora torna público o compromisso da alta liderança com os sete princípios que norteiam o programa.

Ao fazer parte do WEN’s, a Renault é a primeira montadora na América Latina a incluir-se na iniciativa, tornando-se membro da rede global de signatários no âmbito da ONU Mulheres e Pacto Global, com a qual terá acesso às práticas visando a igualdade, participando de discussões e compartilhando suas iniciativas relacionadas ao tema.

Os princípios do programa estão resumidos em sete práticas: estabelecer uma liderança corporativa de alto nível para a igualdade entre gêneros; tratar todos os homens e mulheres de forma justa no trabalho respeitando e apoiando os direitos humanos e a não discriminação; assegurar a saúde, a segurança e o bem estar de todos os trabalhadores e trabalhadoras; promover a educação, a formação e o desenvolvimento profissional para as mulheres; implementar o desenvolvimento empresarial e as práticas da cadeia de abastecimento e de marketing que empoderem as mulheres; promover a igualdade por meio de iniciativas comunitárias e de defesa e por fim, medir, documentar e publicar os progressos da empresa na promoção da igualdade de gênero.

“A Renault acredita que empoderar as mulheres e promover a equidade de gênero são importantes caminhos para o efetivo fortalecimento das economias e uma das formas de impulsionar os negócios”, destaca Olivier Murguet, presidente da Renault do Brasil.

Para a representante da ONU Mulheres Brasil, Nadine Gasman, a adesão da filial brasileira da Renault aos Princípios de Empoderamento das Mulheres é um reforço estratégico à iniciativa das Nações Unidas.

“Temos de concentrar mais esforços para que a igualdade de gênero seja alcançada antes de 2030, considerando a urgência de criar oportunidades para que as mulheres conquistem condições de igualdade e enfrentar as contínuas situações que geram desigualdades entre mulheres e homens”, reforça Nadine. A representante da ONU enfatiza que ao se somar aos Princípios de Empoderamento das Mulheres, a Renault contribui de forma a influenciar setores estratégicos da economia e da sociedade com valores e práticas para a sustentabilidade da humanidade.



Tags: Renault, ONU, igualdade, gênero, empoderamento.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência