Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 09/03/2015 | 16h28

Mais consumidores aderem ao consórcio para a compra de veículos

Número de participantes cresce 9,1% em janeiro, para 5,5 milhões

REDAÇÃO AB

O número de consumidores que visam a compra de veículos nos próximos meses via consórcio aumentou 9,1% em janeiro na comparação com mesmo mês do ano passado, para pouco mais de 5,5 milhões de participantes, puxado pelo segmento de automóveis e comerciais leves, conforme os dados mais recentes da Abac, Associação Brasileira das Administradoras de Consórcio. A entidade considera grupos formados para a aquisição de automóveis, comerciais leves, comerciais pesados e motocicletas.

Apesar do aumento de participantes, o volume de crédito para estes grupos ficou 1,9% abaixo do registrado em igual mês de 2014, para R$ 5,27 bilhões, enquanto o crédito disponível aumentou 15,7% na mesma base de comparação, para R$ 2,87 bilhões, reflexo da alta de 7,9% das contemplações registradas no mês - quando o consorciado recebe a carta de crédito para a compra do bem, que chegou a 111 mil contemplados. Já a venda de novas cotas recuou 7,4%, para 182,1 mil unidades.

O setor de veículos representa mais de 88% no total de participantes de todo o sistema de consórcio, que também gerencia cotas para a compra de imóveis, eletroeletrônicos e serviços. Em janeiro, o total de participantes apresentou alta de 7,4% sobre igual mês do ano passado, atingindo 6,22 milhões de pessoas, o maior número de participantes já registrado em toda a história do sistema de consórcios no Brasil.

“Como vivenciamos um momento de inflação em alta, há a necessidade do indispensável controle de orçamentos individuais, familiares e até empresariais. Atentas à atual conjuntura econômica, os planos longos de pagamento e de baixo custo oferecidos pelas administradoras de consórcios permitem que os consumidores façam um adequado planejamento financeiro. Este cenário se alia aos consumidores que praticam os princípios da educação financeira e preferem aderir ao consórcio por se tratar de uma poupança com objetivo definido”, enfatiza Paulo Roberto Rossi, presidente executivo da Abac.

DIVISÃO POR SEGMENTOS

De acordo com a Abac, a participação dos consórcios nas vendas de veículos leves no mercado interno em janeiro fechou em 21,6%. O segmento que inclui automóveis e comerciais leves foi o responsável pelo bom desempenho de todo o setor de veículos dentro do sistema de consórcio ao apresentar crescimento de 10,1% no número de participantes em janeiro, para 2,61 milhões de consorciados – o segmento lidera com o maior número de participantes em todo o sistema.

Por outro lado, as vendas de novas cotas e o tíquete médio ficaram estáveis no comparativo anual, para 83 mil novas cotas e valor de R$ 42,9 mil, com volume de crédito também estável, em R$ 3,56 milhões. Já as contemplações subiram quase 20%, para 43 mil, para os quais o sistema liberou R$ 1,75 bilhão em cartas de crédito.

O primeiro mês do ano foi positivo para o segmento de pesados, pelo menos no sistema de consórcio: houve crescimento em quase todos os itens considerados pelas administradoras, exceto para a venda de novas cotas, cujo volume ficou estável em janeiro, para 4,1 mil unidades. O número de participantes subiu 11,1% no mês, para 246 mil consorciados. O valor médio da cota fechou em R$ 158,9 mil, 3,3% maior do que há um ano. Os contemplados somaram 3 mil em janeiro, 3,4% a mais no mesmo comparativo, para os quais foram liberados R$ 420 milhões em crédito, alta de 5,6%. O segmento considera cotas para compra de caminhões, ônibus, semirreboques, implementos rodoviários e máquinas agrícolas (tratores).

Para a compra de motocicletas, o número de participantes no sistema de consórcio aumentou 6,1% em janeiro contra mesmo mês de 2014, para 2,60 milhões de pessoas – o segundo maior segmento por número de participantes, atrás apenas dos grupos de automóveis. A venda de novas cotas recuou 13,6%, para 95 mil unidades, com valor médio estável em R$ 11,1 mil. Em janeiro, 65 mil consorciados receberam suas cartas de crédito – que somaram R$ 703,9 milhões. No total, os grupos que comprarão motocicletas acumularam crédito de R$ 1,05 milhão em janeiro, 13,9% menos do que em janeiro do ano passado.



Tags: Consórcio, Abac, crédito, veículos.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência