Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 05/02/2015 | 19h05

Máquinas agrícolas têm queda de 13,9% em janeiro

Demora na definição das linhas de crédito prejudica setor outra vez

MÁRIO CURCIO, AB

A venda de máquinas agrícolas em janeiro somou 3,2 mil unidades, resultando em queda de 13,9% no confronto com o mesmo mês do ano passado. “Tivemos a definição do Finame PSI somente na metade do mês e o Moderfrota apenas no dia 30”, recorda Ana Helena de Andrade, vice-presidente da Associação Nacional dos Fabricantes e Veículos Automotores (Anfavea), que divulgou os números na quinta-feira, 5.

Veja aqui os dados compilados pela associação dos fabricantes.

A queda foi puxada pelo mau desempenho das colheitadeiras, cujo volume repassado aos concessionários, 387 unidades, recuou 38,1% em relação ao mesmo mês do ano passado: “São equipamentos mais caros e por isso têm maior dependência das linhas de crédito”, diz a executiva.

Com 2.570 unidades vendidas em janeiro, os tratores de rodas registraram pequena queda de 3,5%. A produção de máquinas somou 4,6 mil unidades, levando a um recuo médio de 11,3% no confronto com janeiro de 2014. A maior alta ocorreu para as retroescavadeiras, com 753 unidades e crescimento de 44%.

As exportações em janeiro ficaram abaixo das 500 unidades (exatas 483), queda de 13,3% justificada pelo mau momento vivido pela Argentina. “Trabalhamos em conjunto com o governo para buscar novos países como destino para os nossos produtos." Em janeiro, o mercado automotivo argentino caiu 39%”, recorda Luiz Moan, presidente da Anfavea.

Para 2015, a entidade mantém a previsão de números muito parecidos com os de 2014, com 82,4 mil unidades produzidas, das quais 13,9 mil devem ser enviadas a outros mercados.



Tags: Máquinas agrícolas, tratores, colheitadeiras, Moderfrota, Anfavea, Ana Helena de Andrade.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência