Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Michael Kuester será o novo presidente da DAF no Brasil
Michael Kuester (esquerda) assume presidência da DAF no Brasil no lugar de Marco Dávila, promovido a vice-presidente da Paccar na América Latina

Carreira | 03/02/2015 | 16h38

Michael Kuester será o novo presidente da DAF no Brasil

Sucederá Marco Dávila, novo VP da Paccar na América Latina e México

REDAÇÃO AB

Em 1º de março, Michael Kuester, atual diretor comercial da DAF no Brasil, será o novo presidente da empresa, sucedendo a Marco Dávila, que por sua vez assumirá a vice-presidência das operações do Grupo Paccar na América Latina e México. A empresa ainda não definiu quem substituirá Kuester para a direção comercial da marca no País.

No grupo há 26 anos, Kuester ocupou importantes cargos na Paccar, tendo sido gerente da DAF na Espanha, gerente comercial e de marketing na divisão de peças da Paccar na América do Norte até chegar a diretor executivo comercial na operação brasileira. Graduado em Administração pela Universidade Gonzaga, em Washington (EUA), Kuester possui MBA pela Universidade de Seattle.

Marco Dávila, que está na Paccar há 23 anos, assumirá a vice-presidência da região no lugar de Samuel Means. Antes de presidir a DAF no Brasil, onde comandou a instalação e inauguração da primeira fábrica do Grupo Paccar (leia aqui), o executivo foi gerente geral da Paccar Parts na Europa, diretor executivo comercial e de operações da Paccar no México. Graduado em Contabilidade, possui MBA pela Cetys Universidad do México e o Programa Executivo na Universidade de Stanford, nos Estados Unidos.



Tags: DAF, Paccar, Michael Kuester, Marco Dávila, presidente, presidência.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência