Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Tecnologia | 15/01/2015 | 10h20

Ford promove desenvolvimento de aplicativo na Campus

Montadora vai premiar com um Ka o melhor programa para o Sync Applink

REDAÇÃO AB

A Ford vai promover uma maratona de desenvolvimento de aplicativos para automóveis no Brasil durante a Campus Party, maior evento de tecnologia desse gênero no País. O evento de 24 horas, conhecido como Hackathon, dará como prêmio um automóvel Ka para o criador do melhor aplicativo para smartphones usando a plataforma de conectividade Sync AppLink da Ford.

O sistema Ford Sync hoje está em mais de 10 milhões de veículos no mundo. Com ele o motorista pode controlar o sistema de som, fazer e receber chamadas no celular por comandos de voz. A tecnologia AppLink permite que o aparelho acesse também vários aplicativos de smartphones, como sites de músicas, informação, entretenimento e localização de estacionamentos, entre outros.

O Hackathon Ford vai do meio-dia de 5 de fevereiro até o meio-dia de 6 de fevereiro, na Arena da Campus Party, no São Paulo Expo, antigo Centro de Exposições Imigrantes. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas de 14 a 23 de janeiro, no site www.developer.ford.com/hackathon.

Os participantes devem ter idade mínima de 18 anos e poderão trabalhar individualmente ou em duplas no desenvolvimento de aplicativos para os sistemas IOS e Android. Uma bancada com emuladores da tecnologia AppLink estará disponível no local para o teste dos programas. Este é o terceiro ano consecutivo que a Ford participa da Campus Party Brasil.



Tags: Ford, Campus Party, Sync, AppLink, Hackathon, São Paulo Expo, Centro de Exposições Imigrantes.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência