Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 07/01/2015 | 18h25

Vendas de importados caem 14,3% em 2014

Abeifa atribui resultado à instabilidade e demora da reação do mercado

REDAÇÃO AB

As vendas de veículos importados encerraram 2014 com queda de 14,3% sobre o ano anterior, ao emplacar 96.578 unidades, informa a Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos – Abeifa – em comunicado divulgado na quarta-feira, 7. O volume representou 2,9% de participação da entidade nos licenciamentos de automóveis e comerciais leves realizados no País, contra fatia de 3,15% em 2013.

“2014 foi um dos anos mais instáveis para o setor, com eventos que impactaram nosso mercado, como a Copa do Mundo, que resultou em menos dias úteis de vendas e, também, pelas incertezas naturais geradas pelo período pré-eleitoral. Esperávamos uma reação no segundo semestre, que demorou a acontecer”, argumenta Marcel Visconde, presidente da Abeifa.

No comparativo mensal, houve aumento expressivo de 30,6% em dezembro sobre os emplacamentos de novembro, com a venda de 9.930 unidades. Com relação a dezembro do ano anterior, as vendas ficaram estáveis.

“Esse aumento significativo, registrado no último mês do ano, sinaliza que os consumidores optaram por antecipar a compra ou a troca de seus veículos, possivelmente estimulados pela entrada do 13º salário e para aproveitar os preços praticados no mercado antes do aumento do IPI aplicado no dia 1º de janeiro de 2015. Nesse momento, é muito prematuro falarmos de reação ou retomada da confiança do consumidor, pois o balanço de 2014 mostra um ano de retração e inconstância do comportamento de compra”, acrescenta Visconde.

Em sua avaliação, Visconde afirma ser prematuro dizer o crescimento verificado em dezembro se torne uma tendência nos próximos meses. “Neste momento estamos atentos ao comportamento do câmbio, variável que impacta diretamente o nosso setor. Olhamos para o ano de 2015 com cautela e reforçamos que serão necessários ajustes na economia para que a esperada retomada do crescimento aconteça e a confiança do consumidor seja resgatada”, conclui.

RANKING

Entre as 28 marcas associadas, a Kia manteve a liderança das vendas com 23,7 unidades e 24,6% de participação, seguida pela BMW, que com 14,8 mil veículos emplacados no ano passado, cravou 15,3% de share no mercado de importados. Por sua vez, a Chery, que inaugurou fábrica no fim de agosto passado, sustentou o terceiro lugar com 9,5 mil veículos licenciados e 9,8% de participação.

A Land Rover vendeu 9,3 mil unidades no País, superando a JAC, cujos emplacamentos somaram 8,4 mil veículos em 2014. Suzuki, Lifan e Dodge encerraram o período com 6 mil, 5,3 mil e 3,3 mil veículos, respectivamente, enquanto Jeep e Volvo se mantiveram entre as dez maiores com 3,2 mil e 3,1 mil unidades. Os demais associados ficaram abaixo de 1% de participação.



Tags: Abeifa, importados, vendas, emplacamentos, BMW, Kia, Chery, Land Rover.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência