Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Crédito | 05/11/2014 | 17h17

Banco Mercedes-Benz espera dobrar carteira de financiamentos de carros

Instituição financia 20% dos automóveis da marca vendidos no País

PEDRO KUTNEY, AB

O Banco Mercedes-Benz espera pegar carona no aumento das vendas de carros da marca no País para mais que dobrar sua carteira de financiamentos no segmento de veículos leves. “Com a chegada de novos modelos e o início da produção local (do Classe C e GLA na nova fábrica de Iracemápolis, que começa a operar em 2016), em menos de dois anos deveremos duplicar os contratos na área”, estima Bernd Barth, presidente do banco no Brasil.

Atualmente, a cada 10 carros Mercedes-Benz vendidos no País, cerca de metade é financiada e dois deles, ou 20%, pelo banco da montadora. Mais especializado no financiamento de caminhões e ônibus, principal negócio da companhia no Brasil, os contratos ativos de crédito para compra de automóveis ainda representam apenas 4% da carteira atual, que somava R$ 10,7 bilhões no fim de setembro passado. “Vamos acompanhar o crescimento da marca nos próximos anos e ajudar a sustentar essa expansão”, diz Barth.

Nesse sentido, o banco trabalha para criar contratos especiais de financiamento para carros Mercedes-Benz, especialmente para os mais baratos, criando argumento de vendas com oferta de entrada e parcelas mais baixas. Exemplo disso é o recém-lançado plano Flexibility, disponível para os modelos Classe A, Classe B, CLA, GLA e Classe C. Para reduzir o desembolso com pagamentos mensais, o contrato prevê entrada mínima de 20%, 23 parcelas fixas (com juro aproximado pouco maior que 1% ao mês) e uma 24ª prestação equivalente a 50% do valor à vista do veículo, em que o cliente tem três opções: quitar o carro, entregar (vender) o bem ao concessionário pelo valor dessa parcela (sujeito a limite de quilometragem), ou refinanciar 100% do que falta acertar.

Para um Classe C de R$ 134.900 à vista, por exemplo, o plano prevê entrada de R$ 27.780 (20%), 23 parcelas de R$ 3.204 e prestação-balão final de R$ 70 mil. Nesse caso, para ter um Mercedes-Benz o cliente pagará o total de R$ 171.472, ou mais de um quarto do valor à vista em juros, ou 27% acima da tabela.



Tags: Banco Mercedes-Benz, Mercedes-Benz, financiamento, crédito, mercado.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência