Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Eventos | 28/10/2014 | 18h20

Toyota exportará Etios para Uruguai e Paraguai

Anunciou novidade no Salão, onde também apresentou FCV, a hidrogênio

CAMILA FRANCO, AB

Sem grandes lançamentos para o mercado brasileiro, a Toyota anunciou durante o Salão do Automóvel de São Paulo que está apostando as fichas na exportação de veículos a partir do País. Segundo Steve St. Angelo, CEO da empresa na América Latina e Caribe, a primeira iniciativa neste sentido acontecerá com o hatchback Etios, que, além de Argentina, passa a ser embarcado de Sorocaba (SP) para Uruguai e Paraguai.

Koji Kondo, presidente da Toyota no Brasil, acredita que as exportações são imprescindíveis, mas está contente com o desempenho da marca no País. De acordo com os números do executivo, apesar de uma retração de 9% do mercado, a Toyota tem conseguido driblar a crise. “De janeiro a setembro, crescemos 6% em relação ao ano passado, para mais de 136 mil carros.” Ele aponta como impulsionadores da marca a nova geração do Corolla, líder em seu segmento, o Etios, além de Hilux e SW4. “As nossas fábricas de Sorocaba e Indaiatuba trabalham com capacidade máxima e terão incremento de 20 mil unidades em 2014”, comenta. Com o avanço, a Toyota contabiliza 54 novas concessionárias este ano.

A marca apresenta como carros-conceitos no Salão do Automóvel: o FCV, primeiro carro movido a hidrogênio exibido no evento, além de os superesportivos FT-1 e FV2.

Esta cobertura do Salão do Automóvel de São Paulo é patrocinada pela MWM International



Tags: Toyota, Etios, Corolla, exportação, FCV, FT-1, FV-2.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência