Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
VW Golf tem o melhor resultado do Latin NCAP
Golf (vermelho) é o 1º a ter cinco estrelas também no critério de segurança às crianças. Corolla (prata) ficou com quatro.

Segurança | 23/10/2014 | 18h30

VW Golf tem o melhor resultado do Latin NCAP

Toyota Corolla ficou com 5 estrelas para proteção de adultos e 4 para crianças

CAMILA FRANCO, AB

Pela primeira vez um veículo produzido na região da América Latina conseguiu nota máxima em todos os critérios do Latin NCAP, programa sem fins lucrativos que avalia desde 2010 a segurança de carros novos vendidos na região. O automóvel a obter as cinco estrelas tanto na proteção aos adultos quanto às crianças é o Volkswagen Golf VII, modelo fabricado no México e vendido no mercado local e também nos Estados Unidos e no Brasil (leia aqui).

Até então, 46 veículos já tinham sido avaliados em quatro anos do programa (confira aqui). Mas as cinco estrelas tinham sido obtidas somente em relação à segurança de ocupantes adultos. Foram os casos dos Volkswagen Up! e Jetta, dos Ford Ecosport e Focus III e do Seat Leon. E é também o que aconteceu com o Toyota Corolla, que, junto ao Golf VII, acaba de ser testado nesta mais recente bateria, divulgada na quinta-feira, 23.

O sedã da Toyota ficou com cinco estrelas na avaliação de segurança dos passageiros adultos e com quatro para crianças. “Por muito pouco o Corolla não conseguiu o mesmo feito do Golf VII”, conta Alejandro Furas, secretário geral do Latin NCAP e diretor técnico do Global NCAP, responsável pela divulgação dos resultados.

O executivo vê com otimismo o desempenho destes dois últimos carros. “O Latin NCAP está satisfeito com o resultado do Corolla e do Golf. Alentamos todos os fabricantes a seguir os passos da Toyota e Volkswagen e introduzir, no curto prazo, veículos com desempenho cinco estrelas em todas as categorias de preço em nossos mercados. O Golf testado é fabricado no México, indicando que os modelos produzidos na região podem atingir altas pontuações."

Vale apontar que tanto Volkswagen Golf VII quanto Toyota Corolla foram avaliados a pedido de seus fabricantes, em testes patrocinados. O Latin NCAP assegura que as montadoras não exercem influência nos resultados; elas sugerem os modelos e pagam as despesas, mas não podem escolher os carros que passam pelo crash test, que são comprados pela entidade em concessionárias.

Furas comemora esta última bateria de testes, contudo lembra que “ainda é necessário o impulso dos governos locais para poder modificar a segurança veicular na América Latina e adotar as normas das Nações Unidas”. Dos 48 carros avaliados até hoje, sete zeraram no critério de proteção aos adultos e dois em relação à segurança das crianças. E apenas uma estrela já foi conferida para nove modelos diferentes. A maior parte dos carros, 14 deles, obteve quatro estrelas no desempenho de ocupantes adultos.

VOLKSWAGEN GOLF VII

O Latin NCAP aponta que o Volkswagen Golf VII com sete airbags (dois frontais, dois laterais, dois tipo cortina para passageiros dianteiros e um de joelho para motorista) se saiu bem tanto no crash test frontal a 64 km/h quanto no lateral, a 50 km/h. Todas as partes dos corpos dos bonecos se mantiveram bem protegidas durante o impacto. “É importante salientar que o Golf oferece os sete airbags na sua versão básica, além de controle eletrônico de estabilidade (ESC), que, em breve, também será reconhecido como imprescindível pelo Latin NCAP”, explica Furas.

Os bonecos que simulavam as crianças se deslocaram pouco durante a colisão do Golf. Isso porque, além de cintos de três pontos em todas as posições, o sistema Isofix de ancoragem permite a correta instalação de cadeirinhas no modelo. O hatchback de quatro portas conta ainda com etiquetas que ensinam como usar o equipamento corretamente. Uma delas aponta os perigos associados à instalação de uma cadeirinha infantil olhando para trás no banco do acompanhante com um airbag ativado. É possível desativar o airbag com um interruptor, que está devidamente assinalado.

“Ambas as qualificações cinco estrelas para os passageiros adultos e crianças, obtidas pelo Golf, representam, em conjunto, a melhor combinação de resultados obtida até agora no Latin NCAP”, resume Furas.

TOYOTA COROLLA

A pedido da Toyota, foram avaliados dois sedãs Corolla diferentes. O modelo fabricado nos Estados Unidos, com três airbags, foi usado no crash-test lateral. E outro, da última geração feita no Brasil, com quatro airbags, recebeu a batida dianteira.

Como resultado, durante o impacto frontal, os airbags ofereceram boa proteção tanto à cabeça do motorista quanto à do acompanhante. Ambos os cintos de segurança estavam equipados com tensionadores e limitadores de carga. As áreas dos joelhos do motorista e do acompanhante não foram impactadas. A estrutura do sedã de quatro portas foi considerada estável pelo Latin NCAP.

A boa atuação do carro em relação à proteção das crianças foi consequência do equipamento Isofix, que permite a instalação de quase todos os tipos de cadeirinhas no veículo. O Corolla esteve próximo de atingir a máxima qualificação de estrelas nesta categoria.

Assista aos crash-tests realizados com Volkswagen Golf VII e Toyota Corolla:







Tags: Latin NCAP, Alejandro Furas, segurança, crash-test, Volkswagen, Toyota, Golf, Corolla.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência