Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Sustentabilidade | 20/10/2014 | 19h29

Honda Fit utiliza Ecofibra em seu porta-pacotes

Item feito da mistura de polímero com fibra natural auxilia na redução de peso

REDAÇÃO AB

O Honda Fit é um dos últimos lançamentos de veículos para o mercado brasileiro a também utilizar itens fabricados com o Ecofibra Automotive, matéria-prima desenvolvida pela Artecola Química que mistura polímeros com fibras naturais, utilizada para a produção de objetos de acabamento plástico em automóveis, que no caso do Fit, está no porta-pacotes.

Ao possuir propriedades de fácil processamento e utilizar tempo menor para a produção do item em molde, o composto auxilia ainda da redução de peso, contribuindo para melhores níveis de eficiência energética. O Ecofibra também tem característica de reduzir o nível de ruído interno do veículo, aumentando conforto dentro do habitáculo.

“A Artecola Química dedica-se ao desenvolvimento de uma grande variedade de combinações de polímeros com diferentes tipos de fibras naturais e de projetos customizados para automóveis e veículos comerciais”, destaca Rafael Müssnich, diretor de operações da Artecola Química, que acrescenta que o novo porta-pacotes foi desenvolvido ao longo de dez meses, passando por avaliações e testes de laboratório e de campo em conjunto com a engenharia da Formtap, responsável pela fabricação do item, para atender às especificações da Honda.

Além do Honda Fit, já utilizam o Ecofibra em alguns componentes os novos Renault Logan, Nissan March, Hyundai HB20, Fiat Palio, Ford Ecosport e Citroën C3.



Tags: Honda, Fit, Ecofibra, Artecola Química.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência