Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Eventos | 10/10/2014 | 17h11

Salão de SP quer ser referência mundial em lançamento de compactos

Considerado um dos mais importantes do mundo, evento abre as portas no dia 30

SUELI REIS, AB

O Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, que abrirá as portas entre os dias 30 de outubro e 9 de novembro, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, tem um novo objetivo: além de apresentar as novidades das 41 marcas participantes, o evento quer se tornar referência mundial em lançamentos de veículos compactos.

“Cada salão tem sua própria característica e o de São Paulo se consolidará como o novo palco de lançamentos globais voltados aos modelos compactos. Na última edição, em 2012, já tivemos importantes lançamentos mundiais nessas plataformas, que lideram o mercado brasileiro, e esta também será a missão desta próxima edição”, ressalta Paulo Octávio Pereira de Almeida, vice-presidente da Reed Exhibitions Alcantara Machado, organizadora do evento, que apresentou as expectativas para o Salão do Automóvel, na sexta-feira, 10.

Octávio diz que a empresa também mantém como meta para o evento a participação de 100% das montadoras atuantes no País. Na comparação com a edição de 2012, ele diz que desta vez haverá uma presença menor de marcas de origem chinesa.

Considerado o quinto maior do mundo em relevância, atrás de Detroit (Estados Unidos), Frankfurt (Alemanha), Genebra (Suíça) e Paris (França), a 28ª edição do salão brasileiro demandou investimento de R$ 26 milhões por parte da organizadora. Ao somar os investimentos das expositoras – montadoras, importadoras e outras parceiras – o aporte total ultrapassa os R$ 150 milhões para a realização do evento.

Segundo Luiz Moan, presidente da Anfavea, “esta foi a primeira vez que houve uma gestão integrada de organização entre a Anfavea e a Abeifa”, conta o executivo, que participará da cerimônia de abertura oficial do evento, marcada para o dia 30, a partir do meio dia, com a presença já confirmada de autoridades, incluindo a da presidente da República, Dilma Rousseff. A abertura ao público será às 14 horas.

O executivo lembra que o evento é um grande motivador de negócios: “Historicamente, o crescimento das vendas no segundo semestre é sempre mais intenso em anos pares, quando realizamos o salão”.

Conforme dados da própria Reed Exhibitions, em pesquisa realizada na última edição do salão de São Paulo, 55% dos entrevistados que visitaram a exposição disseram ter a intenção de trocar de carro nos seis meses seguintes.

Sobre a vinda de CEO’s globais ao Brasil, Moan diz que dependerá da cada montadora, mas aposta da presença de importantes representantes das marcas a partir da importância do evento: “Na minha experiência pessoal, considero o salão de São Paulo como o quarto maior do mundo em relevância”.

Para Marcel Visconde, presidente da Abeifa, que reúne as importadoras e outras fabricantes, “o salão de São Paulo não vai dever em nada com relação a qualquer outro evento no mundo”.

MAIOR EVENTO PRIVADO DE SÃO PAULO

De acordo com a Reed Exhibitions, o Salão do Automóvel de São Paulo é seu maior evento entre os 500 que realiza em todo o mundo. Para a próxima edição, a empresa espera a visita de 750 mil pessoas. Serão 84 expositores de onze países, sendo 41 marcas de veículos, entre fabricantes e importadores, distribuídas nos 85 mil metros quadrados destinados à exposição, que ficou 20% maior do que na última edição.

A empresa não arrisca projeções, mas revela que em 2012, citando dados da SPTuris, a cidade arrecadou receita equivalente a R$ 250 milhões, incluindo o público turista, que vem de outras cidades e estados. Eles representaram 32% dos visitantes, com um gasto médio de R$ 986 por pessoa.

Sobre a venda de ingressos, o primeiro lote foi liberado em março deste ano. “Esgotamos 4 lotes em tempo recorde, incluindo os kits de visitantes”, conta Octávio, acrescentando que ainda está disponível um lote extra, com vendas de 1º a 29 de outubro, cujos preços são de R$ 30,60 para o primeiro dia, R$ 45,90 para visitas durante a semana e R$ 61,20 para os fins de semana, considerando uma entrada inteira. Grupos e caravanas, bem como pessoas com direito a meia entrada têm descontos. Além disso, a empresa oferecerá 12% de desconto para compras efetuadas diretamente na bilheteria para pessoas que curtirem a página do evento nas redes sociais.

Para este ano, a empresa aumentou o grau de informatização para a compra de ingressos, que pode ser feita totalmente pela internet, incluindo smartphones, com o diferencial de o próprio visitante poder imprimir seu ticket, agilizando a entrada no pavilhão. A compra também pode ser feita pelos canais convencionais, como bilheteria no local, 70 pontos de venda e por telefone.

Até agora, foram vendidos 70 mil ingressos antecipados e que a meta é de 100 mil unidades até a abertura do salão. “Estimamos que 99% dos 70 mil ingressos serão impressos em casa”.

Neste ano, a Reed Exhibitions também reorganizou a política de preço, concedendo desconto de 30% para compra de ingressos antecipados. “Para ingressos de fins de semana não houve reajuste: são iguais aos valores de 2012”.

Octávio diz que o pavilhão contará com algumas melhoras para atender a alta demanda de visitantes, como o aumento maciço de vagas de estacionamento, que passará das atuais 4,5 mil para 13 mil durante os dias do evento, além da instalação de 145 equipamentos climatizadores. “A estimativa é de que eles mantenham o clima interno de 4 a 10 graus abaixo da temperatura externa”, informa.

ALÉM DO SALÃO

Neste ano, a mostra também contará com eventos paralelos, como o Congresso AIAFA, da Associação Internacional de Administradores de Frotas de Automóveis, dedicado a profissionais da área de gestão de frotas, que reunirá especialistas para debater as tendências de gestão de frotas, no dia 30, no Auditório Elis Regina, das 8h30 às 14h.

O futuro do setor para os próximos vinte anos também será tema de debate durante o fórum ‘O Presente e Futuro da Indústria Automobilística – Qual o mercado e o modelo de negócios existirá em 2034?’ promovido pela Harvard Business Review, no dia 6 de novembro, das 8h às 17h30.

E pela primeira vez, o salão do automóvel terá uma pista exclusiva para test drive, próximo ao pavilhão, com 1 quilômetro de percurso. Participarão desta atividade as marcas Lexus, Toyota e Volkswagen.

“Quando perguntamos aos visitantes do salão passado o que queriam de novidade para a próxima edição, 40% dos entrevistados responderam test drive. Acredito que este espaço institucional do salão terá cada vez mais montadoras participantes e seguirá como uma tendência nas próximas edições.”



Tags: Salão do Automóvel de São Paulo, compactos, lançamentos, Anfavea, Abeifa.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência