Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Tecnologia | 30/09/2014 | 23h10

Schaeffler está pronta para o Inovar-Auto

Fabricante de autopeças mostra soluções em redução de consumo e emissões

MARIO CURCIO, AB

No 23º Congresso SAE Brasil, que ocorre até 2 de outubro no pavilhão vermelho do Expo Center Norte, a Schaeffler expõe diferentes versões de start-stop e outros itens para redução de consumo e emissões, como um rolamento de terceira geração para futuros Ford e Chevrolet. As tecnologias contribuem para o atendimento do programa Inovar-Auto e suas metas de eficiência energética.

A empresa pretende nacionalizar os sistemas start-stop, que ligam e desligam os motores no para-e-anda do trânsito pesado. Com isso, entrará na briga com a Bosch, que já fornece o equipamento para o Uno, primeiro nacional a ter o item. Na Europa, a Schaeffler fornece o start-stop para modelos Ford, GM e Volkswagen. “Ainda não sabemos qual versão do Jetta a VW montará no Brasil, mas é provável que utilize start-stop”, afirma o diretor executivo de sistemas de chassis, Flávio Mateus.

Um dos equipamentos liga-desliga (o do centro da foto) tem boa probabilidade de aplicação no País em carros pequenos. Ele se desacopla do virabrequim e é capaz de manter o ar-condicionado funcionando com o motor desligado.

A Schaeffler também levou ao congresso um rolamento de terceira geração que irá fornecer para automóveis Ford e GM em desenvolvimento. “Fabricaremos esse rolamento no Brasil em 2017”, diz Mateus. “O componente poderá ser usado em veículos de entrada”, afirma.

INOVAR-AUTO E TRANSMISSÕES

Segundo o diretor executivo de pesquisa e desenvolvimento da Schaeffler para a América do Sul, Cláudio Castro, a área em que as montadoras mais estão se empenhando para ganhar eficiência e atender o Inovar-Auto são as transmissões, não os motores. “Era de esperar que essa busca ocorresse no motor, onde há grandes perdas, mas as montadoras estão muito focadas na transmissão (...) Os rolamentos com duas carreiras de esferas são nosso carro-chefe”, afirma Castro.

A fabricante de autopeças também produz soluções para motores, como tuchos de válvulas, balancins e comandos variáveis. Uma tecnologia relativamente simples mostrada pela sistemista no congresso é um item que torna a suspensão ajustável. “É um protótipo. Em estrada, com a carroceria mais baixa reduz-se o arrasto aerodinâmico. “Com isso ocorre redução de 4 gramas por quilômetro de emissões de CO2”, afirma Flávio Mateus.

O equipamento tem três posições, mas pode ser modificado para duas de acordo com a demanda da montadora”, afirma o chefe de desenvolvimento de produto, Édson Fescina. O sistema tem acionamento eletromecânico e resultaria em aumento de custo entre 30% e 40% em relação ao conjunto convencional formado por rolamento, prato com fuso de esferas sistema elétrico. Também para redução de consumo, a Schaeffler mostra um sistema de gerenciamento da temperatura do motor. O produto é fornecido para o Grupo Volkswagen. Reduz o tempo de atingimento da temperatura e a controla de modo mais eficiente que em sistemas convencionais.



Tags: Congresso SAE, Expo Center Norte, Schaeffler, start-stop, rolamentos, Inovar-Auto, Ford, Chevrolet, Hyundai, HB20, Volkswagen, Flávio Mateus, Édson Fescina, Cláudio Castro.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência