Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Negócios | 16/09/2014 | 15h44

ZF anuncia acordo de compra da TRW por US$ 12,4 bilhões

TRW será uma nova divisão da ZF, que passa a ter receita acima de € 30 bi

REDAÇÃO AB

A ZF concluiu na segunda-feira, 15, o acordo definitivo para a compra da TRW, com quem negociava já havia dois meses. A transação está avaliada em US$ 12,4 bilhões, conforme comunicado divulgado pela ZF na terça-feira, 16. Desde julho, quando confirmou seu interesse pela fabricante de sistemas de direção e segurança veicular (airbags, sistemas de freios, ABS e cintos de segurança, entre outros), sediada nos Estados Unidos e considerada uma das maiores do mundo, analistas avaliaram que a oferta da ZF pelo negócio era baixa (leia aqui).

A confirmação da fusão entre ZF e TRW acontece um dia depois de a Bosch anunciar que vai comprar da ZF o controle total da ZF Lenksysteme, fabricante de sistemas de direção mantida em sociedade meio-a-meio pelas duas empresas alemãs. Como TRW e Lenksysteme concorrem diretamente, a Bosch teria um sócio concorrente e assim prefere seguir sozinha com o negócio. Vale lembrar que o domínio dos sistemas elétricos de direção são peça-chave para o desenvolvimento de carros autônomos, por isso nenhuma das duas quer ficar sem essa especialidade em seu portfólio.

Em nota, a ZF afirma que o compra da TRW aumenta sua atuação global, tornando-a líder global no fornecimento de produtos para a indústria automotiva e que passará a ter um faturamento próximo de € 30 bilhões, equivalente a US$ 41 bilhões por ano. A ZF, que já atua no setor como fabricante e fornecedora de sistemas de direção, embreagens, eixos e transmissões, recebeu a confirmação do Citigroup e do Deutsche Bank para financiar o negócio. De acordo com os termos do acordo, aprovado pelos conselhos de administração de ambas, cada acionista da TRW receberá US$ 105,6 por ação.

Por sua vez, a TRW será integrada à ZF como uma nova divisão de negócios. O comunicado ressalta que ainda não foi definida nenhuma decisão sobre as responsabilidades de gestão, como diretorias e gerências, mas que as companhias pretendem criar equipes de integração composta igualmente por representantes das duas partes, com foco no crescimento das operações, enquanto as sinergias de custos deverão ser derivadas de um maior poder de compras e compartilhadas nas melhores práticas. Juntas, ZF e TRW concentrarão uma força de trabalho de 138 mil pessoas em todo o mundo.

A aquisição ainda está sujeita a análise por órgãos reguladores da concorrência e apuração de investimentos estrangeiros pelos Estados Unidos, bem como a aprovação dos acionistas da TRW, que representam mais de 50% das ações em circulação. A ZF espera que a transação seja concluída no primeiro semestre de 2015, só então a TRW será retirada da Bolsa de Valores de Nova York.

FORÇAS COMBINADAS

Com a integração da TRW nos negócios da ZF, os investimentos globais combinados em pesquisa e desenvolvimento subirão para algo como € 1,5 bilhão ou US$ 2,1 bilhões, elevando a ZF para o patamar de líder global em P&D no setor.

“A aquisição da TRW encaixa-se perfeitamente em nossa estratégia de longo prazo. A transação combina duas empresas bem sucedidas que têm notáveis registros de inovação e crescimento, bem como posições financeiras sólidas. Estamos fortalecendo nossas perspectivas para o futuro e ampliando nosso portfólio de produtos com tecnologias reconhecidas nos segmentos mais atrativos”, disse o CEO da ZF, Stefan Sommer. O executivo acrescentou que permanecerá o ‘espírito da parceria’: “Estamos ansiosos para receber os colaboradores da TRW em nossa empresa e estamos comprometidos em trabalhar juntos para reconhecer o potencial desta empolgante combinação. A área metropolitana de Detroit continuará a ser um importante centro de negócios para a TRW e esperamos que os funcionários de ambas (ZF e TRW) beneficiem-se das melhores oportunidades de carreira em uma empresa maior e mais diversificada”.

Por sua vez, John C. Plant, chairman e CEO da TRW ressaltou os benefícios que a aquisição trará para o escopo da companhia: “Temos muito respeito pela ZF, e a enxergamos como uma empresa muito bem-sucedida em nossa indústria, com valores semelhantes aos da TRW e foco em inovação. Essa transação proporciona benefícios significativos para nossos acionistas, que receberão o valor real de suas ações, bem como para os nossos colaboradores, clientes e comunidades. Todos nós colheremos os benefícios de fazer parte de uma organização global, maior e mais diversificada. Nossos colaboradores sempre demonstraram uma dedicação admirável e crescente e isto tornou a TRW a empresa formidável que é hoje”.

A ZF prevê mais do que dobrar suas vendas nos dois dos principais mercados automotivos do mundo: China e Estados Unidos. Com relação ao mercado norte-americano, a ZF, que mantém negócios no país desde 1979 com 12 fábricas instaladas durante este período, espera aumentar seu volume de vendas locais de € 2,8 bilhões (US$ 3,9 bilhões) para € 6,5 bilhões (US$ 9 bilhões).

Já na região da Ásia-Pacífico, onde a China é responsável por dois terços das vendas regionais da empresa, de € 3 bilhões, a ZF estima alcançar volume de vendas de até € 4 bilhões a partir da compra da TRW, com aumento de € 5,4 bilhões para € 7,5 bilhões do faturamento em toda a região oriental.

Com a aquisição, a empresa terá cerca de metade das suas vendas na Europa e a outra concentrada nas demais regiões, especialmente na América do Norte e Ásia-Pacífico. A transação também contará com uma carteira diferenciada de clientes, tanto dos segmentos premium quanto nos de maior volume.

“A aquisição faz sentido para todos os nossos públicos: clientes de ambas as empresas terão uma oferta mais ampla de produtos sob o mesmo teto, e os funcionários da ZF e TRW poderão desfrutar das melhorias que resultam da combinação das duas organizações. Os acionistas da TRW receberão uma avaliação atraente, e nossos acionistas (as fundações Zeppelin e Ulderup) também irão se beneficiar das perspectivas futuras de melhorias e diversificação”, acrescentou o CEO Sommer.



Tags: ZF, TRW, negócio, compra, aquisição, faturamento, vendas.

Comentários

  • Matheus Zampronio

    Olha... excelente visão comercial da ZF, vão detonar no mercado MUNDIAL. Parabens ao grupo ZF, a tendência agora é só crescer e ficar maior do que ja é! Abraços!

  • Geraldo Cesar Meneghello

    A ZF teve uma participação muito importante no meu desenvolvimento profissional, dediquei a ela 21 anos de muito trabalho. Me sinto orgulhoso pelas sementes que plantei naquele período, as quais germinarem positivamente gerando mais empregos e oportunidades profissionais a muitas pessoas. Parabéns à toda família ZF pela conquista!

  • José domingos da Silva Filho

    ufa até que fim deu certo!!! Agora vai hein...

  • Marco Turco

    Agora é esperar para podermos ter os frutos desta movimentação em nosso mercado automotivo brasileiro. Parabéns aos executores deste processo.

  • Josafá

    Parabéns ZF pela grande comquista,e fico feliz por fazer parte desta empresa,Deus abençoe a todos e que com esta junção de muitos frutos.

  • Lino Souza

    Parabéns pela aquisição, grupo ZF.

  • luiz carlos alves de araujo

    fico feliz por esta conquista mais gostaria de saber como vai ficar a trw de diadema ja que ela vendeu uma parte de seu predio para a auto metal que e se divide apenas por uma parede.?

  • Willian santos

    Legal, td legal, mas nós aqui da TRW de Limeira corremos risco de ficarmos desempregados...

  • Angelo Valdir Lanza

    Prestei serviços de consultoria e treinamentos a ambas, em especial à TRW, nas áreas de usinagem por abrasão e fico pessoalmente feliz, em saber que essas duas empresas estão juntas! São empresas que se equivalem em todos os sentidos, tanto na qualidade e precisão daquilo que produzem, como na qualidade de vida, que proporcionam aos seus colaboradores! Parabéns e sucesso a todos!

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência