Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Honda City 2015 já é produzido em Sumaré

Lançamentos | 01/09/2014 | 17h00

Honda City 2015 já é produzido em Sumaré

Sedã custará R$ 53.900 na versão manual e R$ 69 mil na automática

REDAÇÃO AB

A Honda já produz a segunda geração do City na fábrica de Sumaré, no interior de São Paulo. O modelo reestreia no Brasil com mudanças no design, maior espaço interno e inovações tecnológicas. As entregas começam na segunda quinzena de setembro, mas as redes já aceitam reservas. A versão DX com câmbio manual de cinco marchas custará R$ 53.900 e a EXL, com transmissão automática CVT, R$ 69 mil.

O Honda City continua a ser vendido com motor 1.5 i-VTEC 16V, mas agora conta com a tecnologia FlexOne, que dispensa o tanque auxiliar de gasolina para partida a frio, pois aquece o combustível no próprio injetor, quando necessário.

Outra novidade é a chegada da transmissão CVT à linha City 2015, que traz como destaque a configuração com sete marchas virtuais e paddle shift (borboletas) atrás do volante, nas versões EX e EXL. Aliando o prazer ao dirigir com alta performance, o novo conjunto motor e câmbio, além de ser mais eficiente, proporciona redução do consumo de combustível, informa a Honda sem revelar quanto chega ser a economia.

No interior, o City 2015 está mais espaçoso em relação ao atual modelo. O painel tem novo design e conta com detalhes cromados e em black piano (preto brilhante). São de série airbags frontais e laterais, ar-condicionado digital e áudio com tela de 5”, entre outros equipamentos nas versões EX e EXL.



Tags: Honda, City, Sumaré, sedã, lançamentos.

Comentários

  • Fábio Lima

    Parabéns, a Honda precisava melhorar, espero que tenham mudado também a suspensão, pois tive um Honda City, um excelente carro, porém muito duro, muito barulho interno que a concessionária não conseguia solucionar, o barulho da caixa era muito desagradável, deve melhorar muito com o sistema CVT, e o valor que achei muito elevado em relação ao que o veículo realmente é, quanto ao consumo somente elogios, um carro muito econômico.

  • alberto

    Gostei do veiculo.Sugiro que acabamento interno seja na cor cinza, pois preto é muito quente para nosso pais.O motor 1.8 com cambio CVT seria ideal, pois o carro tem bom espaço interno e do porta malas, logo, pode carregar bom peso extra em percursos longos, com maior segurança.Freio a disco nas rodas traseiras, também cairia bem, pois pelo preço sugerido, acho que seria mais justo.Material de isolamento deve ser revisto e aprimorado.Sistema multimidia com GPS e camera de ré é uma boa.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência